Setembro 26, 2021

FVO Site

Encontre as últimas notícias do mundo de todos os cantos do globo no site FVO, sua fonte online para cobertura de notícias internacionais.

O canoísta brasileiro se recusa a destruir o difícil sonho olímpico de infância

Isaacias Quiros dos Santos, que conquistou o ouro na final de individual masculino dos 1000m em Tóquio, teve uma infância difícil no Brasil.

Kirsty Wigglesworth / AB

Isaacias Quiros dos Santos, que conquistou o ouro na final de individual masculino dos 1000m em Tóquio, teve uma infância difícil no Brasil.

Quando o brasileiro Isaacs Quiros dos Santos conquistou sua medalha de ouro olímpica em Tóquio, alguns acreditavam que durante sua infância ele teria que suportar um longo período de hospitalização, abdução e rim removido.

Enquanto o apaixonado Kuros dos Santos festejava a medalha de ouro no sprint de canoa no sábado, foi revelado que ele teve que lidar com adversidades em várias ocasiões antes de sonhar com a vitória olímpica.

O medalhista de ouro Izakias Quiros dos Santos celebrou a cerimônia de entrega das medalhas após a final de individual masculino dos 1000m, em Tóquio.

Adam Beautiful / Getty Images

O medalhista de ouro Izakias Quiros dos Santos celebrou a cerimônia de entrega das medalhas após a final de individual masculino dos 1000m, em Tóquio.

Aos três anos de idade de Kyros, Santos se recuperou no hospital mais de um mês depois de cair em uma panela de água fervente. De acordo com sua biografia no site da Federação Internacional de Canoagem, ele sofreu queimaduras significativas no corpo.

Dois anos depois, ele foi sequestrado e oferecido para adoção antes de retornar para sua mãe.

consulte Mais informação:
* Revisão: 13º dia das Olimpíadas de Tóquio
* Depois do atordoante recorde mundial de Carsten Warhome, confira as melhores corridas da pista
* Evolução de Carsten Warholm: do uso de jeans aos recordes mundiais

Mas, espere, há muito mais nesta história notável.

Aos 10 anos, Quiros dos Santos caiu de uma árvore enquanto tentava pegar uma cobra. Ele havia danificado gravemente o rim e precisava removê-lo.

Nenhuma dessas jogadas o impediu de ganhar uma medalha de ouro olímpica. Não é à toa que Quiros dos Santos Cano ficou muito feliz na hidrovia da mata marinha ao vencer a final individual dos 1000m.

O brasileiro Isquios Quiros dos Santos conquistou o ouro nos 1000m individuais masculinos.

Kirsty Wigglesworth / AB

O brasileiro Isquios Quiros dos Santos conquistou o ouro nos 1000m individuais masculinos.

Questionado sobre como enfrentar desafios quando criança, Quiros dos Santos, 27, disse que foram essas experiências que o tornaram o competidor mais duro da atualidade.

Quiros dos Santos, que ganhou duas medalhas de prata e duas de bronze nas Olimpíadas do Rio, disse à Reuters por meio de um tradutor.

“Não sou especial por estar aqui. Tentei e sempre confiei em mim mesmo.”

Quiros dos Santos dedicou sua medalha de ouro às vítimas do Covit-19 em seu país.

Mais de 560 mil pessoas morreram no país desde o surto, de acordo com dados do Ministério da Saúde do Brasil.

“Eu sei que muitas pessoas no Brasil perderam suas famílias para o vírus, então eu dou isso a elas”, disse Quiros dos Santos.

Ele disse à Reuters após sua vitória que gostaria de enviar uma mensagem às crianças: “Acredite em sua capacidade”, acrescentou.

O medalhista de prata Hao Liu da China (à esquerda), o medalhista de ouro Izakias Kyros Dos Santos do Brasil e o medalhista de bronze Sergei Tornovshi da Moldávia celebraram a cerimônia de medalha após a final de canoa individual masculina de 1000 m.

Bill Walter / Getty Images

O medalhista de prata Hao Liu da China (à esquerda), o medalhista de ouro Izakias Kyros Dos Santos do Brasil e o medalhista de bronze Sergei Tornovshi da Moldávia celebraram a cerimônia de medalha após a final de canoa individual masculina de 1000 m.

“Eu sinto que finalmente tirei o peso do mundo das costas do mundo”, disse ele à mídia. “Não quero me sentir pressionado, mas sinto o dever de representar o nosso país para os amantes do esporte brasileiro. Agora me sinto mais leve.

Quiros Dos Santos afogou-se ao perceber que havia conquistado a medalha de ouro.

“No Rio de Janeiro trabalhei muito para conquistar a medalha, mas infelizmente não pude escolher a cor prata e bronze. Desta vez eu queria um resultado melhor, então treinei muito e estou muito feliz com o resultado.

READ  Análise: O óleo combustível com baixo teor de enxofre do Brasil é maior do que seus equivalentes da Latom na Ásia