Setembro 16, 2021

FVO Site

Encontre as últimas notícias do mundo de todos os cantos do globo no site FVO, sua fonte online para cobertura de notícias internacionais.

Kargil inaugura nova fábrica de pectina no Brasil, primeiro fora da Europa

Por ana mano

São Paulo (Reuters) – A trader americana de commodities Kargil anunciou na sexta-feira a conclusão de uma nova fábrica para produzir pectina, subproduto da fruta usado na unidade brasileira de pectina, que é usada em geleias, bebidas, laticínios e confeitos.

A planta é a única instalação de pectina da Cargill fora da Europa, onde possui três unidades.

A Kargil vai produzir a segunda maior matéria-prima alimentar do mundo, disse Lorde Moraes, diretora da Kargil para Carboidratos e Doces na América do Sul, em entrevista.

A fábrica, localizada próxima ao Cinturão de Laranja no Brasil – que usa a casca da laranja Kargil como matéria-prima – deve ajudar a reduzir os custos de produção corporativa porque suas duas fábricas hoje na Europa precisam importar cascas de laranja processadas para lá.

A empresa disse que a unidade brasileira vai empregar 120 pessoas, principalmente para o mercado externo, principalmente clientes da Ásia.

A mudança da Kargil reflete a necessidade de equilibrar negócios de grande escala com margens baixas, enquanto aumenta sua presença em segmentos de mercado com preços menores, mas mais altos.

É a resposta ao crescente consumidor industrial e às necessidades alimentares dos consumidores. A demanda global por pectina, um ingrediente natural que pode ser usado como emulsificante, estabilizador e agente espessante na culinária e panificação, deve aumentar em até 4% ao ano, disse Kargil.

A empresa, uma das maiores comercializadoras de soja e milho do Brasil, anunciou planos para construir uma nova fábrica em 2018. Moraes disse que a usina estará operacional neste mês, embora as obras sejam ligeiramente atrasadas em 2020 devido a restrições relacionadas à epidemia.

A nova planta será capaz de produzir cerca de 6.000 toneladas de produtos de alto valor por ano, a um custo de US $ 15 a US $ 20 por quilo, disse Moraes.

READ  Telas verticais adornam a casa da Bimont Architectura no Brasil para conseguir privacidade

Segundo Morkase, ele investiu 550 milhões de reais (US $ 106,52 milhões) na fábrica da Kargil.

($ 1 = 5,1632 rias)

(Reportagem de Ana Mano; Edição de Sandra Malor)