Maio 24, 2024

FVO Site

Encontre as últimas notícias do mundo de todos os cantos do globo no site FVO, sua fonte online para cobertura de notícias internacionais.

Fiscalizador de valores mobiliários do Brasil concorda em ‘negociar’ na investigação da Americanas

Fiscalizador de valores mobiliários do Brasil concorda em ‘negociar’ na investigação da Americanas

Pessoas caminham em frente à loja Lojas Americanas em Brasília, Brasil, em 12 de janeiro de 2023. REUTERS/Wesley Marcelino/Foto de arquivo Obtenha direitos de licença

29 de setembro (Reuters) – A CVM, agência reguladora de valores mobiliários do Brasil, disse nesta sexta-feira que aprovou um mecanismo semelhante a um acordo de delação premiada para casos envolvendo a falida varejista brasileira Americanas (AMER3.SA) em meio a uma investigação de fraude financeira de US$ 1 bilhão.

A CVM chegou ao chamado “acordo administrativo no processo de fiscalização”, afirmou em comunicado, permitindo ao superintendente reduzir ou eliminar medidas punitivas em troca de cooperação efetiva nas investigações em andamento.

A CVM acrescentou que o conteúdo obtido por meio do acordo facilitará e agilizará as investigações.

A empresa, que administra uma rede de lojas que é uma das maiores varejistas de comércio eletrônico do Brasil, mergulhou em uma crise no início deste ano depois de revelar 20 bilhões de reais (US$ 4 bilhões) em irregularidades contábeis.

Há pelo menos 23 processos contra a varejista brasileira, segundo a CVM, incluindo dois processos de sanções, onde foram feitas denúncias.

Esta é a primeira vez que a CVM utiliza tal mecanismo para investigar uma empresa.

Os americanos não quiseram comentar o assunto.

Relatório de Carolina Pulis; Edição de Michael Perry

Nossos padrões: Princípios de confiança da Thomson Reuters.

Obtenha direitos de licençaAbre uma nova aba
READ  Trailer do UFO Doc 'Moment of Contact' em 'Roswell of Brazil'