Agosto 16, 2022

FVO Site

Encontre as últimas notícias do mundo de todos os cantos do globo no site FVO, sua fonte online para cobertura de notícias internacionais.

Brasil se opõe à saída da Rússia do G20 – Américas

AFP

Brasília, Brasil
domingo, 27 de março de 2022

27-03-2022
11:22

f8e9b23c24577c27f68e9d6e8ce358e5
2
Américas
Brasil, Rússia, Ucrânia, guerra, G20, Vladimir-Putin, Jair-Bolsonaro
Livre


O Brasil é “claramente contrário” a barrar a Rússia do G20, disse o ministro das Relações Exteriores, enquanto os EUA lideram um esforço para excluir Moscou do grupo por sua invasão da Ucrânia.

“Vimos iniciativas em vários organismos internacionais… para expulsar ou suspender a Rússia. O Brasil se opõe claramente a essas iniciativas, em linha com nossa posição tradicional a favor do multilateralismo e do direito internacional”, disse o chanceler Carlos Franca ao Senado. .sessão quinta-feira.

O comentário veio depois que o presidente dos EUA, Joe Biden, disse que apoiava a expulsão da Rússia do grupo G20 de grandes economias, ou “se isso não puder ser feito”, convidando a Ucrânia a “participar das reuniões também”.

A pressão para excluir a Rússia dividiu os membros do G20.

O primeiro-ministro australiano, Scott Morrison, disse acreditar que o presidente russo, Vladimir Putin, deveria ser impedido de participar da cúpula do grupo em novembro em Bali.

Mas a China chamou a Rússia de “membro importante”, enquanto a Indonésia, a presidência rotativa do G20, disse que permaneceria “imparcial”.

Franca disse que a ONU, não o G20, é o lugar para “debater questões de paz e segurança”.

“O mais importante agora é ter todos os fóruns internacionais funcionando plenamente”, incluindo o G20, disse ele.

“E isso significa ter todos os países presentes, incluindo a Rússia.”

O presidente Jair Bolsonaro insistiu que o Brasil permanece “neutro” sobre o conflito na Ucrânia.

Sua postura atraiu críticas de alguns setores, incluindo o governo Biden, que repreendeu o presidente de extrema-direita por expressar a “solidariedade” do Brasil com a Rússia quando Bolsonaro visitou Putin em Moscou oito dias antes da invasão da Ucrânia.

READ  Como o conflito na Ucrânia impactou as exportações para o Brasil e os EUA? - AgFax