Maio 22, 2024

FVO Site

Encontre as últimas notícias do mundo de todos os cantos do globo no site FVO, sua fonte online para cobertura de notícias internacionais.

Brasil prepara primeiro título ESG e está de olho na janela de setembro a novembro, diz autoridade

Brasil prepara primeiro título ESG e está de olho na janela de setembro a novembro, diz autoridade

Notas de reais brasileiros são vistas no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) em 17 de novembro de 2017, no Rio de Janeiro, Brasil. REUTERS/Pilar Olivares Obtenha direitos de licença

BRASÍLIA (Reuters) – O governo do Brasil delineou nesta terça-feira planos para emitir seus primeiros títulos soberanos estáveis ​​nos próximos meses para financiar projetos ambientais e gastos sociais.

O Tesouro disse que planeja uma série de reuniões com investidores no exterior na próxima semana para lançar uma nova emissão de títulos que faz parte de uma agenda de política verde no centro do terceiro mandato consecutivo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

O secretário do Tesouro, Rogério Cerrone, disse à Reuters que a divulgação ocorreria durante a janela mais favorável do mercado, que poderia ser após o roadshow deste mês ou no final de novembro.

“Poderia ser uma operação substancial, talvez superior a 1 bilhão de dólares. No entanto, se o valor exato, 2 bilhões, 3 bilhões ou 2,5 bilhões de dólares, é algo que não podemos determinar neste momento”, disse ele.

Os recursos serão destinados a gastos governamentais com benefícios ambientais ou sociais em 17 áreas predefinidas, incluindo redução de emissões de gases de efeito estufa, mitigação do desmatamento e alívio da fome, informou o Tesouro brasileiro.

Cerrone disse que a estrutura de títulos ESG divulgada na terça-feira deve ser um guia não apenas para as próximas emissões de títulos, mas também para ações futuras.

As directrizes incluem áreas elegíveis para financiamento e estabelecimento de indicadores de desempenho e benefícios esperados até 2030, com subsequentes relatórios de prestação de contas até ao vencimento dos títulos, disse.

READ  Câmara de Comércio do Brasil domina mercado Halal | Entrada de Salaam

“Isso constitui a base para um programa de lançamento”, disse Cerrone, sinalizando planos para mais operações nos próximos anos.

O Tesouro escolheu o modelo de “utilização de recursos” para a mudança, uma vez que a emissão atua como uma forte referência nos mercados globais e apoia a emissão corporativa, acrescentou.

(Reportagem de Marcela Ayres e Bernardo Garum; edição de Jonathan Otis e Brad Haynes, William McLean)

Nossos padrões: Princípios de confiança da Thomson Reuters.

Obtenha direitos de licençaAbre uma nova aba

Relatórios sobre o panorama macro cobrindo a política econômica no Brasil. Bernardo estudou Jornalismo na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Anteriormente trabalhou em Brasília para a Folha de S.Paulo, a Agência Estado e o site G1 da Globo.