Setembro 16, 2021

FVO Site

Encontre as últimas notícias do mundo de todos os cantos do globo no site FVO, sua fonte online para cobertura de notícias internacionais.

O consumo de Internet está dobrando no Brasil e os escritórios domésticos estão proliferando

O consumo de Internet no Brasil dobrou no ano passado, em grande parte devido ao isolamento social e ao trabalho remoto imposto pela infecção pelo vírus corona.

Pessoas que trabalham em casa passam mais tempo em aplicativos e redes sociais Um estudo realizado pela Amdox.

No entanto, os trabalhadores remotos enfrentam vários problemas, desde ataques cibernéticos até infraestrutura ICD não confiável. Vários entrevistados expressaram preocupação com o aumento da taxa de falhas na Internet no país.

Em se tratando de prestadoras de serviço, a Claro, do bilionário mexicano Carlos Slim, oferece o plano de banda larga mais barato.

As empresas de longa distância estão desenvolvendo seus planos de banda larga com novos serviços atraentes para registrar mais trabalhadores de longa distância em sua rede. A Chloro, por exemplo, incluiu o software antivírus McAfee em seu programa “Net Vírtua”. Outras empresas de telecomunicações oferecem equipamentos como roteadores WiFi, de acordo com uma agência de notícias local Metropoles.com.

Esses tipos de dispositivos vêm com recursos inteligentes, como algumas funções de controle dos pais, que permitem que os proprietários limitem o tempo de uso da Internet de seus filhos e evitem conteúdo impróprio.

Segundo levantamento da Fundação Instituto de Gestão (por meio da abreviatura FIA), 46% das empresas brasileiras adotaram o modelo de trabalho remoto desde o surto, em março de 2020.

Ao contrário do México e do Peru, o Brasil não promulgou legislação regulando a entrega. Suas leis trabalhistas atuais exigem que as empresas aceitem todos os custos do escritório doméstico em nome de seus funcionários.