Julho 2, 2022

FVO Site

Encontre as últimas notícias do mundo de todos os cantos do globo no site FVO, sua fonte online para cobertura de notícias internacionais.

Brasil: Chuvas fortes matam mais pessoas

Outras 26 pessoas estão desaparecidas, informou a Defesa Civil no Twitter.

Muitos outros podem ter desaparecido, disse o governador do estado, Palo Câmara.

O presidente brasileiro, Jair Bolzano, falou a repórteres após visitar a área na segunda-feira.

“Infelizmente, esses desastres estão acontecendo”, disse Bolzano em entrevista coletiva.

“Nós sobrevoamos a área afetada e tentamos pousar, mas seguindo a recomendação dos pilotos, decidimos não por causa do desnível do solo”, disse Bolzano a repórteres.

A CNN Brasil informa que quase 4.000 pessoas perderam suas casas desde que as fortes chuvas começaram na quarta-feira. Quatorze municípios declararam estado de emergência.

A Defesa Civil de Bernambuco pediu aos moradores de áreas de alto risco ao redor da cidade do Recife que busquem abrigo em outros lugares após os deslizamentos de terra causados ​​pelas chuvas. Escolas em Recife foram abertas para abrigar famílias deslocadas.

Autoridades dizem que chuvas excepcionalmente altas são esperadas no nordeste do Brasil. Algumas áreas receberam 24 horas a mais de chuva no fim de semana do que o esperado em maio.

À medida que as chuvas avançavam em direção à costa na segunda-feira, algumas partes do estado ficaram sem chuva, mas estão previstos mais 30-60 mm de chuva para os próximos dois dias em Bernambuco, enquanto áreas isoladas podem receber mais de 100 mm. A região pode experimentar mais de meio mês de chuvas em quatro dias de fim de semana a sábado até o final de terça-feira.

Tempestades – que podem causar falta de energia e queda de detritos – podem atingir velocidades de até 100 km/h.

Como o nível da água do Lago Mead fica abaixo da previsão, ele cairá mais 12 pés devido à queda

As fortes chuvas no fim de semana provocaram a quarta maior inundação no Brasil em cinco meses, de acordo com um relatório da Reuters, destacando a falta de planejamento urbano em áreas de baixa renda em grande parte do país. Favelas – favelas ou favelas – são muitas vezes instaladas fora das grandes cidades, em áreas montanhosas onde há amplas oportunidades de navegação.

Em dezembro, fortes chuvas fizeram com que duas barragens explodissem na vizinha Bahia, matando dezenas e inundando ruas inteiras.

O governador Câmara disse no Twitter que seu gabinete disponibilizou 100 milhões de riais brasileiros (US$ 21 milhões) para ajudar as áreas afetadas pelas chuvas.

READ  Brasil está em negociações para comprar 150 milhões de vacinas Pfizer Covit-19 até 2022

A CNN Brasil informa que outros sete estados brasileiros se ofereceram para ajudar e enviaram equipes de resgate para Bernambuco.

A crise climática está tornando o clima extremo catastrófico mais comum em todo o mundo. À medida que a temperatura aumenta, espera-se que a quantidade média de chuvas nesta parte do Brasil diminua, mas espera-se que eventos de chuvas fortes ocorram com mais frequência e intensidade. Previsões científicas publicadas pelo Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas.

Isso significa que algumas partes do Brasil sofrerão secas mais prolongadas e eventos de chuva mais frequentes e mais frequentes, tornando-as mais vulneráveis ​​às inundações.

Por que os deslizamentos de terra ocorrem é muito complexo, mas eles geralmente ocorrem quando há fortes chuvas sobre áreas desmatadas e construídas.

Robert Shackleford e Monica Garrett da CNN Weather contribuíram para este relatório. Marcelo Madiros e Michael Wells reportaram de Atlanta, assim como Marcia Revertosa em São Paulo, Mia Alberti em Beirute e Amy Woodadt em Londres.