Setembro 26, 2021

FVO Site

Encontre as últimas notícias do mundo de todos os cantos do globo no site FVO, sua fonte online para cobertura de notícias internacionais.

Arábia Saudita proíbe importação de carne bovina de padarias brasileiras

São Paulo, 14 de setembro (Reuters) – A Arábia Saudita suspendeu as importações de carne bovina de alguns vendedores de carne brasileiros, com o país sul-americano descobrindo dois casos separados da doença da vaca louca no início deste mês, disse o Ministério da Agricultura do Brasil na terça-feira.

O ministério não informou quantos açougueiros foram afetados pela proibição, ou onde suas fábricas estavam localizadas.

“As reuniões estão ocorrendo, mas não há previsão de quando a Arábia Saudita poderá levantar a suspensão”, disse o ministério à Reuters em um comunicado.

O jornal Valor Econômico anunciou a suspensão na noite desta segunda-feira, banindo cinco fábricas no estado de Minas Gerais, onde um processo foi confirmado. O segundo caso foi encontrado em Mato Grosso.

O Valor acrescentou que a Arábia Saudita havia informado o Brasil da decisão no dia 9 de setembro, cinco dias após a confirmação dos dois casos. consulte Mais informação

O Brasil, o maior exportador mundial de carne bovina, suspendeu temporariamente suas exportações para seu cliente número 1, a China, depois de confirmar diferentes casos de doença da vaca louca, de acordo com um protocolo de saúde assinado entre os dois países. consulte Mais informação

O Ministério da Agricultura do Brasil disse na terça-feira que suspenderia as exportações de carne bovina para a China em casos de vacas loucas.

As duas associações que representam as empresas de carne bovina, Abic e Afrafrico, não responderam imediatamente aos pedidos de comentários.

Relatório de Roberto Zamora e Gabriel Arazo; Louis Heavens e Bernadette Palm Editing

Nossos padrões: Políticas da Fundação Thomson Reuters.