Maio 24, 2024

FVO Site

Encontre as últimas notícias do mundo de todos os cantos do globo no site FVO, sua fonte online para cobertura de notícias internacionais.

Setor alimentício brasileiro é responsável por 74% das emissões, diz estudo

Setor alimentício brasileiro é responsável por 74% das emissões, diz estudo

Um rebanho de gado é visto na fazenda Marubiera, na cidade de Tailândia, no estado do Pará, Brasil, em 17 de março de 2020. Imagem tirada em 17 de março de 2020. REUTERS/Pilar Olivares/Foto de arquivo Obtenha direitos de licença

SÃO PAULO (Reuters) – A produção de alimentos no Brasil, maior exportador mundial de carne bovina e soja, será responsável por 74% das emissões de gases de efeito estufa do país em 2021, de acordo com um estudo divulgado nesta terça-feira pelo grupo ambientalista Climate Watch.

A maior parte das emissões não vem diretamente da produção de alimentos, mas o desmatamento para converter plantas nativas em fazendas e pastagens é a principal fonte de carbono liberado na atmosfera pelo Brasil, descobriu a equipe.

“Este relatório deve ser lido como um alerta dos representantes do agronegócio e do governo”, disse Marcio Astrini, secretário executivo do Observatório do Clima. “Isso prova, sem dúvida, que o agronegócio determinará se o Brasil é um herói ou vilão climático.”

Dos 1,8 bilhão de toneladas de gases de efeito estufa liberados pela produção de alimentos no Brasil em 2021, quase 78% estão relacionados à produção de carne bovina, incluindo o desmatamento para a pecuária e a poluição causada por frigoríficos, concluiu o estudo.

Apique, um grupo de lobby dos maiores produtores de carne bovina do Brasil, não fez comentários imediatos.

Os cálculos do Observatório do Clima têm em conta a desflorestação e as alterações na utilização dos solos, as emissões de metano provenientes do estrume de vaca, bem como a utilização de energia e os resíduos provenientes de processos agrícolas e industriais.

Sendo o primeiro estudo deste tipo, o Observatório do Clima não forneceu estatísticas históricas para comparação.

READ  Militares do Brasil buscam tranquilizar chefe do Pentágono nas eleições de outubro

Se classificada entre os países, a indústria de carne bovina do Brasil seria sozinha o sétimo maior emissor de gases de efeito estufa do mundo, à frente de grandes economias como o Japão.

Reportagem de Lisandra Paraguasu Redação de Ana Mano; Edição de Rod Nickell

Nossos padrões: Princípios de confiança da Thomson Reuters.

Obtenha direitos de licençaAbre uma nova aba