Maio 20, 2024

FVO Site

Encontre as últimas notícias do mundo de todos os cantos do globo no site FVO, sua fonte online para cobertura de notícias internacionais.

Emirados Árabes Unidos destacam potencial do comércio Halal no Global Halal Brazil Trade Forum

Emirados Árabes Unidos destacam potencial do comércio Halal no Global Halal Brazil Trade Forum

O Ministro do Comércio Exterior, Dr. Thani bin Ahmad Al Sayudi, diz que o mercado Halal transcende as fronteiras dos países islâmicos e árabes e está experimentando um crescimento contínuo devido à crescente demanda dos consumidores em todo o mundo.

A afirmação veio em mensagem de vídeo na abertura do Global Halal Brazil Business Forum (GHB), realizado em São Paulo entre os dias 23 e 24 de outubro. “Hoje, o valor de mercado do comércio halal é estimado em mais de 2,2 biliões de dólares americanos, e os produtos halal representam 3,7% do comércio global total, um número que continua a aumentar”, observou o Dr.

O Ministro do Comércio Exterior dos Emirados Árabes Unidos acrescentou que a participação dos Emirados Árabes Unidos neste evento é um impulso para fortalecer as relações com o Brasil e outros países participantes do fórum, criar oportunidades na indústria halal, trocar conhecimentos e participar de um diálogo construtivo. Experiências na área.

“Os EAU tomaram várias iniciativas pioneiras para apoiar e desenvolver a economia islâmica, da qual a indústria Halal é um dos seus pilares fundamentais, e estamos na vanguarda dos esforços regionais e globais para promover a indústria Halal”, afirmou o ministro.

Além disso, o Dr. Al Siodi salientou que o sistema halal dos EAU é um dos mais desenvolvidos nos seus aspectos legislativos e regulamentares e que esta experiência está pronta para ser partilhada com qualquer país do mundo. “Estamos sempre prontos para compartilhar nossa experiência com os países que desejam tê-la”, disse ele.

O Ministro do Comércio Externo dos EAU renovou a necessidade de reforçar a cooperação global na indústria halal e de integrar tecnologia moderna para garantir o desenvolvimento sustentável do sector. Ele expressou sua esperança de que o Fórum Global Halal Brasil dê uma contribuição importante para esses esforços.

READ  Como a revolução FinTech do Brasil anuncia uma nova era de sustentabilidade para um futuro mais verde?

Além disso, em mensagem ao evento, o Presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, destacou que as exportações do país para os países da Liga Árabe em 2022 atingiram uma receita recorde de 17,74 mil milhões de dólares. A confiança dos países árabes na qualidade dos produtos brasileiros, mas também na nossa capacidade de atender às necessidades deste mercado dinâmico”, Lula elogiou a indústria halal brasileira.

Além disso, o presidente brasileiro lembrou ao fórum que os países árabes hoje fazem parte de um mercado que representa quase dois bilhões de consumidores em todo o mundo. “Nossos produtores e empresários demonstraram um compromisso notável com a inovação e a sustentabilidade. A busca incessante por práticas agrícolas e industriais limpas e eficientes é uma prova do nosso compromisso com a proteção do meio ambiente e o fornecimento de produtos de alta qualidade. Como uma das maiores empresas de alimentos do mundo produtores, especialmente produtores de carne, oferecemos produtos Halal da mais alta qualidade no mercado global. Temos indústria e capacidade para entregar”, afirmou o presidente brasileiro.

Brasil no Mercado Halal

Segundo a Câmara de Comércio Árabe-Brasileira (ABCC), o Brasil já é líder mundial no fornecimento de alimentos e bebidas aos 57 países da Organização de Cooperação Islâmica (OIC).
Até 2022, as exportações de alimentos e bebidas da empresa para o setor totalizaram US$ 23,4 bilhões. O número coloca o Brasil à frente dos EUA, Indonésia, Turquia, Austrália e China.

A Câmara de Comércio Árabe-Brasileira afirma que embora o efeito seja significativo, a lista de exportações para o mundo islâmico ainda se limita a alimentos essenciais, principalmente carnes, açúcar, grãos e cereais. “Precisamos diversificar a pauta de exportação, incluindo produtos de valor agregado, fortalecer a promoção dos produtos brasileiros de forma mais agressiva do que temos feito, tornar o Brasil sinônimo de suas tradições para os consumidores muçulmanos e ampliar a disponibilidade de produtos industrializados com certificação halal. produtos, não apenas no setor alimentício”, disse Osmar Sofi, presidente da entidade, na cerimônia de abertura do Global Halal Brazil Business Forum.

READ  A conta recorde de títulos do Brasil em 2023 destaca seu crescente peso da dívida

Sobre o evento

O Fórum Global de Negócios Halal Brasil reúne atores envolvidos no setor, desde acadêmicos até autoridades, empresários e representantes públicos. O fórum está em sua segunda edição. É promovido pela Câmara de Comércio Árabe-Brasileira (ABCC) e pela Agência Certificadora Halal FAMBRAS.

Além do segmento de alimentos e bebidas, o Fórum Global de Negócios Halal Brasil também terá como foco os esforços para promover a economia Halal no Brasil em setores como cosméticos, farmacêuticos, entretenimento, moda, finanças e turismo. Segundo os organizadores, o objetivo é conscientizar mais players do Brasil sobre as oportunidades do mercado halal global e enviar uma mensagem ao mundo islâmico sobre a importância do Brasil no setor como fornecedor líder global de proteína halal. E expansibilidade.