Maio 21, 2024

FVO Site

Encontre as últimas notícias do mundo de todos os cantos do globo no site FVO, sua fonte online para cobertura de notícias internacionais.

Supremo Tribunal Federal multou proprietário da JBS em US$ 2 bilhões

Supremo Tribunal Federal multou proprietário da JBS em US$ 2 bilhões

BRASÍLIA (Reuters) – Um juiz do Supremo Tribunal Federal suspendeu uma multa de 10,3 bilhões de reais (2,10 bilhões de dólares) à J&F, que controla a JBS, o maior frigorífico do mundo, em decisão vista pela Reuters nesta quarta-feira.

A decisão do tribunal não foi tornada pública e o tribunal não respondeu imediatamente aos pedidos de comentários. A J&F não quis comentar.

A J&F concordou em pagar multas ao abrigo de um acordo de leniência em 2017 pelo seu papel em escândalos de corrupção. Seus fundadores, Josley e Wesley Bautista, admitiram em um acordo judicial que operavam uma rede de suborno político.

A empresa pediu ao tribunal a suspensão da multa, argumentando que os promotores foram tendenciosos e tomaram “medidas claramente de assédio”.

O pedido da J&F ocorre depois que o juiz que supervisiona o caso, Diaz Toffoli, decidiu em setembro suprimir todas as provas relacionadas a uma licitação semelhante com a construtora Odebrecht, com base em comunicações conjuntas entre o juiz e os promotores do caso.

Em decisão do caso J&F datada de terça-feira, Toffoli argumentou que havia “pelo menos dúvidas razoáveis” de que a empresa estava cumprindo voluntariamente o acordo com o Ministério Público Federal, “o que justifica, por enquanto, a suspensão dos pagamentos”.

Segundo fonte familiarizada com o caso, a J&F já pagou 2,9 bilhões de reais em multas totais. Porém, dependendo das provas, a multa poderá ser reduzida para um valor inferior ao que já foi pago.

Toffoli autorizou a empresa a reavaliar os termos do contrato com o Ministério Público para “corrigir eventuais irregularidades” por meio da Controladoria-Geral da República do país.

($ 1 = 4,8996 arroz)

(Reportagem de Riccardo Brito; texto de Peter Frontini; edição de Lisa Schumacher)

READ  Littler Global Guide - Brasil - Q1 2023