Julho 4, 2022

FVO Site

Encontre as últimas notícias do mundo de todos os cantos do globo no site FVO, sua fonte online para cobertura de notícias internacionais.

Trabalhadores da Petrobras fazem “greve” no Brasil

RIO DE JANEIRO, 22 de dezembro (EFE) .- A Federação Unida dos Petroleiros (FUP) e seus sindicatos filiados encerrarão este ano em estado de “greve nacional” em protesto contra possíveis “ameaças governamentais”. A associação anunciou na quarta-feira que estava privatizando a maior empresa do Brasil, a Petroprose.

Pelas regras sindicais brasileiras, a greve faz com que os trabalhadores da Petrobras, em sua maioria integrantes da FUP, já estejam em alerta caso o governo decida tirar o controle do Estado da petroleira.

“O que isso significa é que se o presidente Jair Bolsanaro tivesse a coragem de apresentar no Congresso Nacional um projeto de lei para a venda da estatal, uma das greves mais fortes da história do setor já estaria marcada.” (FUP) O coordenador-geral Deyvid Bacelar foi citado em comunicado.

De março de 2015 a novembro de 2021, a Petrobras vendeu 78 imóveis, sendo 70 no Brasil e oito no exterior, segundo levantamento do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Deeese) citado pelo sindicato.

Desse montante, 76% foi vendido durante o governo Bolsanaro, por um total de 152 bilhões de arroz (aproximadamente $ 26.666 milhões).

“Essa venda reflete o desejo do atual governo de destruir a Petrobras, um imóvel brasileiro a preço de banana”, lamenta Bacelar.

No entanto, o plano estratégico da estatal é vender a maior parte de seus ativos, o que visa reduzir o endividamento da empresa e focar sua atuação nas áreas marítimas do pré-sal. As salinas de dois quilômetros de espessura e suas vastas reservas tornam o Brasil um dos maiores exportadores de petróleo do mundo.

A ideia de privatizar a Petrobras começou em outubro passado, após duras críticas do governo sobre a contínua alta dos preços do petróleo.

READ  Busca de casa no Brasil: casa do século 19 na praia

Por isso, Bolzano tem manifestado reiteradamente seu “desejo” de vender à Petropras, já mencionado por seu ministro da Fazenda, Paul Goodes, por considerar que cogita vender parte do controle acionário da estatal petrolífera. Para financiar projetos comunitários para famílias vulneráveis.

Fonte do artigo

Aviso de isenção de responsabilidade: este artigo foi criado a partir do feed e não foi editado por nossa equipe.