Agosto 16, 2022

FVO Site

Encontre as últimas notícias do mundo de todos os cantos do globo no site FVO, sua fonte online para cobertura de notícias internacionais.

Sparkle adiciona cabo Monet Brasil-EUA aos seus ativos

O provedor de serviços internacionais Sparkle adicionou outro cabo submarino aos seus ativos no Atlântico, ativando a capacidade de espectro no sistema de cabos submarinos de Monet que conecta o Brasil aos Estados Unidos.


Isso significa, diz Sparkle, que aumentou a redundância geral de seu backbone, que agora oferece cinco rotas diversificadas entre a América do Norte e a América do Sul, graças a uma extensa infraestrutura submarina que inclui três ‘rodovias digitais’ submarinas: MONET e CEBRAS-1 no Atlântico e CURIE no Pacífico.

Com a adição de Monet, Sparkle diz que aprimorou ainda mais seu serviço global de trânsito IP Seaphone Tier-1 e suas soluções de capacidade para atender à enorme demanda de dados impulsionada por novas tecnologias, plataformas de mídia e serviços baseados em nuvem.

Sparkle diz que continua expandindo sua rede de fibra óptica nos EUA, que atualmente possui 56 pontos nos Estados Unidos, Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Panamá, Peru e Venezuela. Um novo centro de desembarque e conexão aberto no Brasil e no Panamá.

A Sparkle se descreve como a operadora global do Grupo TIM, o primeiro provedor de serviços internacional na Itália e o primeiro no mundo, com um backbone proprietário de mais de 600.000 quilômetros de fibra da Europa à África, Américas e Ásia.

MONET é um cabo de nova geração com um comprimento de 10.556 km. O site Submarine Telecom Forum descreve o sistema submarino que conecta Boca Raton, Flórida, a Fortaleza e Santos, Brasil, com seis pares de fibra com uma capacidade total de projeto de 64 tbps.

O consórcio Monet inclui o Google, a brasileira Algar Telecom, a uruguaia Antel e a angolana Angola Cables.

Mais artigos que podem lhe interessar…


READ  Sócrates: quando Carrport Town recebe uma lenda da Copa do Mundo no Brasil