Setembro 26, 2021

FVO Site

Encontre as últimas notícias do mundo de todos os cantos do globo no site FVO, sua fonte online para cobertura de notícias internacionais.

Sólido desempenho do setor portuário brasileiro impulsionará os próximos leilões

Embora o setor portuário do Brasil diminua ligeiramente, o desempenho permanecerá forte, o que continua a atrair o interesse contínuo de participantes privados.

A movimentação de estoques aumentou 9,2% no primeiro ano para 9,2%. Ao longo do ano, autoridade portuária espera crescimento da Antac 5,5% a 1,2Bt.

“Números positivos comprovam o quão forte e resiliente este setor é, mesmo em uma situação epidêmica”, disse Flavia Takafashi, diretora da Antak, ao apresentar os últimos números.

O estoque total sólido aumentou 6,4%, o estoque líquido 11,6% e o estoque de contêineres 16,3%.

“O crescimento do segmento de contêineres é a principal notícia positiva porque geralmente está associado ao restabelecimento da atividade industrial nos países que comercializam com o Brasil”, disse ao BNamericas Fernando Fialo, consultor modelo para a propriedade portuária e ex-chefe da Antac.

“Isso vai garantir o desempenho positivo do segmento portuário nos próximos meses porque outros segmentos ligados à mercadoria já apresentam bons resultados e continuarão robustos”, acrescentou.

O governo aposta nesse setor para avançar na agenda de concessões e privatizações.

Os quatro terminais portuários serão leiloados na sexta-feira, o que deve gerar cerca de 150 milhões de investimentos (US $ 28,7 milhões).

“A situação dos portos é muito favorável e todos os terminais que serão leiloados na sexta-feira já mostraram o interesse da iniciativa privada”, disse Fialo.

Os leilões de concessões de terminais portuários tornaram-se mais comuns desde que o governo assumiu o controle em 2019.

Agora, o governo é o administrador do porto do estado de Esperido Santo Codesa e um O porto mais movimentado da América do Sul, Santos(Imagem)Em São Paulo.