Maio 21, 2024

FVO Site

Encontre as últimas notícias do mundo de todos os cantos do globo no site FVO, sua fonte online para cobertura de notícias internacionais.

Quem o substituiu?  –

Quem o substituiu? –

Na Confederação Brasileira de Futebol (CBF), a confusão continua. O mandato de Fernando Diniz como técnico da Seleção Brasileira terminou oficialmente na sexta-feira.

Durante seu mandato de um ano como técnico, Dinis supervisionou seis eliminatórias para a Copa do Mundo de 2026. Ele levou seu time a três derrotas, um empate e duas vitórias. Para as seleções sul-americanas, o Brasil conquistou a sexta e última vaga de qualificação automática para a Copa do Mundo.

Além de suas responsabilidades na defesa do Fluminense, vencedor da Copa Libertadores, Dinis atuou simultaneamente nesta função. Nem Diniz nem o Fluminense comentaram a demissão.

A Confederação Brasileira de Futebol confirmou oficialmente a decisão.

“A CBF agradece ao Fernando Diniz pelo trabalho realizado, por toda dedicação e seriedade, e pelo desafio de renovar a Seleção Brasileira durante sua gestão. Boa sorte ao Fernando Diniz”, O relatório dizia.

Diniz venceu com o Brasil?

Quando foi tomada a decisão de nomear um técnico permanente, o presidente da CBF, Ednaldo Rodríguez, discutiu o assunto com Mario Bittencourt, presidente do Fluminense. A reunião foi realizada antes da Copa do Mundo de 2026, que será sediada pelos Estados Unidos, Canadá e México.

A Copa do Mundo de 2022 será o último torneio em que a Seleção terá um técnico permanente. Depois de perder para a Croácia nas quartas-de-final, Tide decidiu deixar o cargo. Antes da nomeação de Diniz, o técnico sub-20 Ramon Menezes estava no comando.

Em julho passado, Rodriguez disse que Carlo Ancelotti substituiria Dinis no Real Madrid neste verão. No entanto, Ancelotti, de 64 anos, renovou contrato com o Real Madrid no mês passado, estendendo-o até junho de 2026.

A machadada de Denise segue Rodrigues retomando a presidência da CBF em apenas um dia. No início de dezembro, um tribunal de justiça do Rio de Janeiro o demitiu.

READ  Privatização adiada - Porto de Itajaí, Brasil

Um tribunal do Rio de Janeiro destituiu Rodríguez da presidência em 7 de dezembro sob a acusação de fraude eleitoral nas eleições de 2022. A decisão foi anulada pelo juiz do Supremo Tribunal Gilmar Mendez, que citou um “claro risco de dano” na sua decisão. Dessa forma, o Brasil corre o risco de ser desclassificado da qualificação olímpica de Paris devido a interferências.

Quem o substituiu?

Uma fonte anônima da CBF disse à Associated Press que Rodriguez contou primeiro ao Fluminense e depois a Denis. A pessoa falou sob condição de anonimato porque o assunto não estava autorizado a ser discutido.

Uma das fontes disse Reuters A saída de Dinis ocorreu depois de o desempenho da selecção nacional ter ficado aquém das expectativas.

Enquanto isso, outra fonte disse à Reuters que a CBF se prepara para nomear o técnico paulista Dorival Junior como próximo técnico. Junior se orgulha de ter conquistado a Copa do Brasil e a Copa Libertadores de 2022.

Ednaldo abriu discussões com o presidente do São Paulo, Julio Cáceres, que manifestou seu desejo de trazer Torival Jr. Ele enfatizou a urgência por causa da próxima temporada. Julio prometeu conversar com Torival, garantindo uma resolução até segunda-feira.

Crédito da foto: IMAGO/ZUMA Wire: IMAGO/NurPhoto