Setembro 26, 2021

FVO Site

Encontre as últimas notícias do mundo de todos os cantos do globo no site FVO, sua fonte online para cobertura de notícias internacionais.

Quarteto da Premier League da Argentina está sendo investigado pela Comissão de Saúde do Brasil

Quatro representantes da Premier League do lado argentino acusados ​​de violar as regras de segregação estão sendo investigados pelas autoridades brasileiras.

Emiliano Puendia e Emiliano Martinez, do Aston Villa, e Cristiano Romero e Giovanni Lo Celso, do Tottenham, enfrentarão o Brasil pela seleção argentina na noite de domingo. O quarteto viajou do Reino Unido para a América do Sul na semana passada.

No entanto, com algumas exceções, os não brasileiros estão atualmente proibidos de entrar no Brasil pela Grã-Bretanha, Irlanda do Norte, África do Sul ou Índia. Segundo resolução do Brasil, “nos últimos 14 dias via Grã-Bretanha, África do Sul e Índia, ao entrar na fronteira brasileira, deve haver 14 dias de isolamento”.

“Os militares em questão, que chegaram ao Brasil em vôo de Caracas (Venezuela) para Guerrero, anunciaram que não passaram nenhum tempo nos quatro países com restrições nos últimos 14 dias”, afirmou Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária do Brasil ) disse em um comunicado.

O comunicado da Anvisa dizia ainda: Ontem, sexta-feira, houve relatos oficiosos anunciando as falsas declarações desses passageiros.

“A desinformação fornecida às autoridades brasileiras pode ser uma violação das leis de saúde e das leis criminais.”

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo afirmou: “Iniciou-se uma epidemia e investigação sanitária”.

O governo de São Paulo enviou agentes de saúde para o Marriott Hotel no Aeroporto Internacional de Quarulhos, segundo a Anvisa.

Fuentia, Martinez, Romero e Lo Celso já jogaram em países da “lista vermelha” com a Argentina, violando a política da Premier League, embora Villa tenha sido autorizado a jogar pela seleção nacional.