Julho 5, 2022

FVO Site

Encontre as últimas notícias do mundo de todos os cantos do globo no site FVO, sua fonte online para cobertura de notícias internacionais.

Petrobras introduz 4 GW Offshore Wind Power Play no Brasil

A Petrobras, uma empresa brasileira de petróleo e gás, anunciou em 18 de maio que estava trabalhando com a Equine para avaliar a viabilidade ambiental da construção de um parque eólico marítimo em Aracato, Brasil.

A parceria no projeto de até 4 GW segue o Memorando de Entendimento (MoU) assinado entre as duas empresas em 2018, dois anos antes da apresentação do pedido de status ambiental para o Parque Eólico Costeiro Equinor Aracat.

Segundo a Petropras, o projeto em estimativa possui um parque eólico oceânico de aproximadamente 4 gigawatts.

Informações sobre o projeto Arakadu a partir de 2020 colocam a capacidade em um mínimo de 4 GW e em dois sites chamados Arakadu 1 e 2.

Dados recentes do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis ​​(IBAMA) do Brasil mostram que o projeto Arakadu tem capacidade instalada de 3.840 MW e aerogeradores de 12 MW.

Relatado na seção premium em nosso site irmão Energia marinha No mês passado, a Equinor solicitou um inquérito ambiental em seis projetos em quatro estados brasileiros, com um total de 14.370 MW atualmente em análise.

A Usina Eólica Costeira de Arakadu com capacidade de 3,8 GW é o maior parque eólico marítimo do país planejado pelo Equador, com os cinco projetos restantes variando de 2 GW a 2,5 GW.

Ainda não se sabe o que ele fará depois de deixar o posto.

Siga offshoreWIND.biz:

READ  Barragens no nordeste do Brasil rompem devido a enchentes