Maio 24, 2024

FVO Site

Encontre as últimas notícias do mundo de todos os cantos do globo no site FVO, sua fonte online para cobertura de notícias internacionais.

Petrobras começa a testar clientes de diesel renovável em janeiro

Foto da sede da Petróleo Brasileiro SA (Petrobas) no Rio de Janeiro, 9 de março de 2020. REUTERS / Sergio Moraes / Arquivo de fotos

Inscreva-se agora para ter acesso gratuito e ilimitado ao Reuters.com

RIO DE JANEIRO, 20 de dezembro (Reuters) – A estatal brasileira de petróleo Petrobras (PETR4.SA) começará a testar o novo diesel renovável baseado em óleos de cozinha processados ​​em janeiro, enquanto aguarda a aprovação regulatória para vendas comerciais. O diretor de refino da empresa disse à Reuters.

Os testes devem durar cerca de seis meses e terão o apoio de uma distribuidora de combustíveis e de um dono de ônibus cujos nomes ainda não foram divulgados, disse Rodrigo Costa, diretor de refino da Petropras.

A petroleira testou com sucesso um sistema de produção de diesel renovável em sua refinaria Repar em meados de 2020, mas a nova fase de testes é crucial para garantir sua eficiência.

Inscreva-se agora para ter acesso gratuito e ilimitado ao Reuters.com

A Repar é atualmente capaz de produzir 114.000 toneladas de combustível renovável por ano com base no óleo de soja coprocessado.

A mudança faz parte do plano da Petropras de injetar no mercado brasileiro combustíveis renováveis ​​baseados em novas tecnologias. A empresa espera investir $ 600 milhões em novas unidades de produção de 2022 a 2026, embora ainda dependam fortemente de aprovação regulatória.

Os investimentos incluem a conversão das refinarias de Paulínia e Cubado para que ambas possam produzir um total de 505.000 toneladas de combustível renovável por ano.

No entanto, a maior parte do dinheiro irá para a construção de uma planta de biorremediação 100% renovável com capacidade de produção de 500.000 a 800.000 toneladas por ano, que deve começar a operar em 2027 em um local indeciso, disse Costa.

READ  A polícia brasileira invadiu a casa de Bolsonaro e apreendeu seu telefone

“Os consumidores e o mercado estão exigindo uma pegada de carbono menor, um produto cada vez mais limpo e o refino está mudando de acordo com isso”, disse ele. “Biorrefinar é uma mudança que entendemos ser inevitável.”

Costa disse que o setor de gás natural também é importante para a conversão de energia. A expectativa da Petrobras é de iniciar as operações no primeiro semestre de 2022, com a unidade de processamento de gás natural localizada na área de Itaboroi, que incluirá um gasoduto para trazer gás do pré-sal.

Inscreva-se agora para ter acesso gratuito e ilimitado ao Reuters.com

Reportagem de Marta Noguevera no Rio de Janeiro, editado por Matthew Louis por Gabriel Arrojo

Nossos padrões: Princípios de confiança da Thomson Reuters.