Julho 2, 2022

FVO Site

Encontre as últimas notícias do mundo de todos os cantos do globo no site FVO, sua fonte online para cobertura de notícias internacionais.

O craque do Chelsea, Thiago Silva, precisa brilhar na Liga dos Campeões para mostrar suas críticas no Brasil e disputar a Copa do Mundo

NA TERÇA-FEIRA, o Chelsea inicia a defesa do título da Liga dos Campeões na fase eliminatória com um jogo de ida em casa contra o Lille.

Thiago Silva é um membro valorizado e incontroverso da equipe.

3

O craque do Chelsea, Thiago Silva, atuou pelos BluesCrédito: EPA

O mesmo não acontece inteiramente quando o assunto é a preparação da seleção brasileira para a Copa do Mundo deste ano.

E o pênalti que ele cometeu contra o Palmeiras na final do Mundial de Clubes colocou lenha na fogueira.

Um dos principais comentaristas de TV do Brasil, André Henning, ficou indignado que – mais uma vez – Silva deu um pênalti desnecessário por mão na bola, e foi às redes sociais registrar seus protestos.

Henning não é fã de Silva, seu desencanto baseado principalmente na Copa do Mundo de 2014, onde o zagueiro foi inegavelmente um capitão desastroso.

Uma das imagens mais fortes do torneio vem de quando o jogo da segunda rodada do Brasil contra o Chile foi para os pênaltis.

Em vez de desempenhar o papel de capitão, Thiago Silva sentou-se sozinho em uma bola de futebol, chorando muito. Foi claramente demais para ele – levando Andre Henning a duvidar da força mental do jogador.

APOSTAS GRÁTIS: GANHE MAIS DE £ 2.000 EM NOVAS OFERTAS PARA CLIENTES

Mas há outra questão, mais técnica, de relevância para a preparação da Copa do Mundo no Brasil.

No Chelsea, Silva tem sido consistentemente excelente – operando no meio de uma defesa de três.

O treinador Thomas Tuchel conhece-o bem. Os dois trabalharam juntos no Paris Saint Germain. Tuchel está ciente de que Thiago está agora com 37 anos e, inevitavelmente, não tão rápido quanto costumava ser.

READ  Desmatamento aumentou na Amazônia brasileira em meio ao debate climático da COP26

Assim, a quantidade de espaço que ele tem que cobrir foi reduzida. À esquerda dele, a velocidade de Anthony Rudiger é uma parte vital da linha de trás do Chelsea.

O clube está compreensivelmente preocupado com a perspectiva de perder Rudiger – daí o interesse em Eder Militão, zagueiro brasileiro do Real Madrid, cujo jogo é baseado na velocidade de recuperação.

Mas o Brasil não defende com três zagueiros. Eles jogam dois zagueiros. Um deles é Marquinhos, o imaculado zagueiro do PSG que foi – certamente imprudentemente – descartado do time em favor de Thiago Silva às vésperas da última Copa do Mundo.

OPÇÕES ALTERNATIVAS

O Brasil pagou um preço por deixar de fora seu defensor mais rápido quando enfrentou a Bélgica nas quartas de final.

Desta vez, então, não há dúvida sobre isso. É um caso de Marquinhos mais um. Um candidato de fora para ocupar o cargo é Gabriel Magalhães, que surgiu como líder defensivo do Arsenal e que também tem a vantagem de ser canhoto.

Mas a batalha parece ser entre Silva e Eder Militão.

Não adianta perguntar a Andre Henning quem ele prefere – e alguns no Brasil concordam com ele. Mas nem todos e, provavelmente, nem o técnico Tite.

E assim Silva precisa brilhar nas eliminatórias da Liga dos Campeões – não apenas para ajudar o Chelsea a manter o título, mas também para aumentar suas chances de completar sua carreira internacional com uma última chance na Copa do Mundo no Catar.

O técnico Thomas Tuchel entende como tirar o melhor de Silva

3

O técnico Thomas Tuchel entende como tirar o melhor de SilvaCrédito: Getty
No Brasil Silva tem suas críticas e foi questionado por vaga na Copa

3

No Brasil Silva tem suas críticas e foi questionado por vaga na CopaCrédito: AFP