Agosto 16, 2022

FVO Site

Encontre as últimas notícias do mundo de todos os cantos do globo no site FVO, sua fonte online para cobertura de notícias internacionais.

LATAM Brasil retoma doze rotas domésticas e quatro internacionais

O Grupo LATAM apresentou suas operações de passageiros de julho, mostrando que a subsidiária no Brasil recuperou 88% de seus voos em relação ao mesmo período de 2019. A taxa de recuperação é superada apenas pela Colômbia.

A empresa oferece um crescimento real de 6% nas entregas domésticas em comparação com uma média de 627 voos diários durante o mesmo período de 2019. De acordo com a ANAC Brasil, no primeiro semestre de 2022 (janeiro-junho), a empresa transportou 12.685.622 passageiros, representando uma recuperação de 89,14% em relação aos mesmos meses de 2019.

A LATAM Brasil lançou 13 rotas domésticas em julho, incluindo 5 novos destinos para sua malha: Monte Claros (MOC) e Juiz de Fora (IZA), Minas Gerais; Cascaval (CAC), Paraná; Caxias do Sul (CXJ), Rio Grande do Sul; e Presidente Prudente (PPB), São Paulo; Todos de São Paulo/Guarulhos (GRU).

Com isso, a LATAM completa um total de cinquenta e seis destinos domésticos no Brasil. Também restaurou outras oito ligações em outras partes do país:

  • Brasília (BSB) – Palmas (PMW), Dogantes. O novo link foi aberto em outubro de 2021 e foi brevemente encerrado entre abril e junho.
  • Brasília (BSB) – Rio Franco (RBR), Acre. A rota foi recuperada e suspensa a partir de março de 2020.
  • Porto Alegre (POA) – Curitiba (CWB). A rota foi recuperada e suspensa a partir de março de 2020.
  • Manas (MAO) – Fortaleza (FOR). A rota foi restaurada e fechada por um curto período de tempo entre abril e junho.
  • Manas (MAO) – Porto Velho (PVH), Rondônia. O novo link foi aberto em outubro de 2021 e foi temporariamente desativado entre abril e junho.
  • Fortaleza (FOR) – Maceió (MCZ). O novo link foi aberto em outubro de 2021 e foi temporariamente desativado entre abril e junho.
  • Fortaleza (FOR) – Vitória (VIX), Espírito Santo. A rota foi recuperada e suspensa a partir de março de 2020.
  • Belo Horizonte (CNF) – Porto Seguro (BPS), Bahia. A rota foi restaurada e fechada por um curto período de tempo entre abril e junho.
READ  Magic Gaming sediará competição de 2K no Brasil
A empresa adicionou 5 novos locais à sua rede doméstica. Foto: gcmap

Mercado internacional

– Publicidade –

O Brasil recuperou 68% da oferta internacional em julho, alta de 33% em relação ao mês passado.

A LATAM restabeleceu duas rotas do interior brasileiro: Porto Alegre (POA) – Lima (LIM), Peru; e Fortaleza (FOR) – Miami (MIA), EUA. Também adicionou um link de fretamento sazonal para San Carlos de Bariloche (BRC), na Argentina, que anteriormente era uma rota regular no inverno.

Embora este seja um novo voo para Roma/Fiumicino (FCO) da Itália, tem atraído muita atenção desde sua suspensão em 2019, tornando-se a única transportadora latino-americana a oferecer voos para dois destinos italianos, pois já operava para Milão/Malpensa. (MXP).

Apesar das novas rotas, a empresa tem uma dezena de conexões suspensas sem data oficial de reinício:

  • São Paulo/Guarulhos (GRU) a Córdoba (COR), Argentina; Tel Aviv (TLV), Israel; Joanesburgo (JNB), África do Sul; e Mount Pleasant (MPN), Ilhas Malvinas.
  • Brasília (BSB) a Lima (LIM), Peru e Santiago (SCL), Chile.
  • Porto Alegre (POA) a Santiago (SCL), Chile.
  • Rio de Janeiro/Galeão (GIG) a Montevidéu (MVD), Uruguai.
  • Miami (MIA), EUA para Belém (BEL), Salvador (SSA) e Recife (REC).
  • Buenos Aires (AEP/EZE), Argentina a Salvador (SSA) e Recife (REC).

No entanto, alguns links têm uma data de reinicialização em outubro e novembro:

  • Curitiba (CWB) a Santiago (SCL), Chile, a partir de 1º de novembro.
  • Florianópolis (FLN) a Santiago (SCL), Chile, outubro
  • Foz do Iguaçu (IGU) a Lima (LIM), Peru, Out. 30
  • Rio de Janeiro/Galeão (GIG) a Buenos Aires/Ezeiza (EZE), a partir de 30 de outubro.
  • São Paulo/Guarulhos (GRU) para Boston (BOS), EUA, Out. 30
  • São Paulo/Guarulhos (GRU) para Punta del Este (PDP), Uruguai, a partir de 30 de outubro.

Como na maioria dos países, o mercado internacional do Brasil tem tido uma lenta recuperação. A LATAM Brasil recuperou 21,28% dos passageiros em voos para o exterior ao movimentar 1.416.315 passageiros neste primeiro semestre (janeiro-junho), ante 6.653.850 transportados no mesmo período de 2019.

READ  Petrobras bate recorde de lucro de todos os tempos em meio à bonança do Brent