Novembro 27, 2021

FVO Site

Encontre as últimas notícias do mundo de todos os cantos do globo no site FVO, sua fonte online para cobertura de notícias internacionais.

Itaú prevê queda do Brasil em 2022

SÃO PAULO, 25 de outubro (Reuters) – Analistas do maior banco da América Latina disseram na segunda-feira que a economia brasileira pode encolher no ano que vem, à medida que o banco central aumenta as taxas de juros em meio a preocupações com o aumento dos gastos do governo.

Economistas do Itaú Unibanco revisaram sua projeção de crescimento econômico para 2022 de 0,5% para -0,5%, e esperam que a taxa básica de juros do Brasil suba para 11,25% para conter a inflação do banco central.

Anteriormente, o banco tinha taxas de juros de 9%.

As ações brasileiras e a moeda real caíram na semana passada, depois que o governo do presidente Jair Bolsanaro deveria se candidatar à reeleição no ano que vem – aumentando o limite de gastos constitucionais do país e mandando quatro funcionários-chave do Tesouro para fora daqui.

Uma perspectiva financeira frouxa forçará o banco central a fazer aumentos ainda mais drásticos nas taxas, evitando uma recuperação fraca de uma recessão mais profunda do COVID-19, prevê o Itaú.

Os analistas agora prevêem um aumento de 150 pontos-base nas taxas de juros nas reuniões de política esta semana e em dezembro, de um aumento total de pontos percentuais nas reuniões recentes.

Aumentos adicionais de 100 ou 125 pontos-base não conseguirão controlar a inflação, enquanto acima de 150 pontos-base podem levar o Brasil a uma recessão profunda.

Em um discurso em Brasília no final do dia, o ministro da Economia, Guedes, disse que o relatório do Itaú parecia estar disparando novamente, dizendo que a economia do país havia superado as expectativas em 2021.

“Dizem que ainda não vão crescer (Brasil)”, disse Guedes. “Vai crescer de novo.” (Relatório de Jose de Castro; Relatório adicional de Marcela Ayers em Brasília; Escrito por Gram Slater; Edição de Sandra Malor)

READ  Retomada da partida entre Brasil e Argentina: final da Copa América no sábado Por que assistir Neymar x Messi TV