Julho 4, 2022

FVO Site

Encontre as últimas notícias do mundo de todos os cantos do globo no site FVO, sua fonte online para cobertura de notícias internacionais.

Gary Brasil da Premier League comenta Brennan Johnson no meio da conversa do Nottingham Forest Exchange

Brennan Johnson, um dos melhores jovens treinadores do Nottingham Forest, espera chegar à Premier League depois de continuar sua excelente forma nesta temporada.

Johnson está desfrutando de seu primeiro segundo colocado com Forrest, que passou a última temporada com o Lincoln City na League One.

O jogador de 20 anos marcou seis gols e deu quatro assistências em 27 jogos pelo Reds nesta temporada e é o segundo maior artilheiro de Forrest.

Ele agora é um dos principais ativos de Forrest e está atraindo vários interesses de transferência este mês – incluindo rumores de que 15 milhões foram transferidos para Brentford.

A Sky Sports foi questionada em tempo integral sobre o futuro imediato de Johnson, e o jovem meia-atacante respondeu: “Não tenho certeza. Eu amo meu futebol agora. Estou muito confiante. Todos meninos.

“Quero continuar a ter um desempenho melhor.”

Mas o diretor de desenvolvimento profissional da Forrest, Gary Brazil, fez um comentário maravilhoso sobre o crescimento de Johnson.

Ele twittou: “Que grande talento Brennan está crescendo. Ele teria sonhado com muitas ocasiões hoje quando passou pela nossa FNFFCAcademy.

“Muito mais está por vir, desenvolvido para Bren PL, de preferência com FNFFC.”

O atual contrato de Johnson o mantém ligado ao City Ground até o verão de 2023.

Os relatórios desta semana disseram que o Brentford está pronto para pagar 15 milhões de libras como recorde do clube para obter sua assinatura, enquanto o ex-meio-campista do Tottenham, Christian Eriksen, também foi relacionado.

Steve Cooper, técnico do Serviço Florestal, disse no início deste mês que não tinha planos de liberar Johnson – mas resta saber se a oferta substancial mudará isso.

READ  Ministro do Meio Ambiente do Brasil pretende melhorar imagem na conferência do clima da ONU

“Claro que queremos tê-lo. Não quero perder em janeiro ninguém que queira ficar”, disse.

“Eu não acho que ele está saindo. Estou pensando em como ele melhorou, como o estamos apoiando, como estamos pressionando, como estamos desafiando, como estamos tentando fazer melhor do que ele está fazendo. Fique parado – é hora de ele chutar mais.”