Maio 20, 2024

FVO Site

Encontre as últimas notícias do mundo de todos os cantos do globo no site FVO, sua fonte online para cobertura de notícias internacionais.

EUA e México avançam para semifinais da Copa Ouro Feminina com vitória

EUA e México avançam para semifinais da Copa Ouro Feminina com vitória

LOS ANGELES (AFP) – Os Estados Unidos avançaram facilmente para as semifinais da Copa Ouro Feminina da CONCACAF com uma vitória por 3 a 0 sobre a Colômbia no domingo, enquanto o México passou para as semifinais com uma vitória por 3 a 2 sobre o Paraguai.

Publicado em: Mudado:

3 minutos

Os EUA disputarão a final contra o Canadá na quarta-feira, enquanto o México enfrentará o Brasil nos dois jogos e na final em San Diego no domingo.

Um pênalti de Lindsay Horan e gols de Jenna Nicewonger e Jaidyn Shaw no primeiro tempo deram aos EUA uma vantagem de 3 a 0 no intervalo, enquanto se recuperavam de uma derrota surpresa para o México no último jogo do grupo, na segunda-feira.

Horan calmamente marcou de pênalti para colocar os Estados Unidos na frente aos 13 minutos, se recuperando da ressaca da derrota, quando Alex Morgan foi derrubado na área por Jorelyn Caraballi.

Os americanos aumentaram a vantagem nove minutos depois, quando Nixwonker acertou um belo chute de pé esquerdo após uma cabeçada de Morgan.

A Colômbia respondeu positivamente, porém, com a goleira norte-americana Alyssa Neher fazendo sua 100ª partida pela seleção graças a duas excelentes defesas.

Primeiro ela mergulhou para bloquear um chute poderoso de Linda Caicedo, depois a goleira se esticou ao máximo para acertar o chute de Ilana Izquierdo com a mão esquerda.

Mas nos acréscimos do primeiro tempo o jogo foi ultrapassado pela Colômbia, com Trinity Rodman deslizando uma bola rasteira para Shaw, de 19 anos, na área.

Horan acertou a trave na cobrança de falta pouco antes do intervalo, mas a equipe de Twila Kilgore controlou bem o segundo tempo.

READ  O que esperar da visita do presidente Lula à Espanha

As semifinais dão aos EUA a chance de vingar a derrota para o Canadá nas semifinais das Olimpíadas de Tóquio.

O México superou o determinado Paraguai graças ao excelente desempenho de Lisbeth Ovalle, que marcou duas vezes e elevou para cinco o seu total no torneio.

A mexicana Lisbeth Ovalle comemora com Mayra Pelayo-Bernal após marcar o terceiro gol na vitória por 3 a 2 sobre o Paraguai. © Carmen Mantado/Getty Images América do Norte/AFP

O México esteve à altura da ocasião depois de derrotar os Estados Unidos – apenas a sua segunda vitória sobre os seus rivais, que poderão reencontrar na final.

Ovalle colocou o México na frente aos 31 minutos, encontrando Maira Belayo no segundo poste e acertando um chute rasteiro de pé esquerdo.

Grande oportunidade

Gianna Palacios desperdiçou então uma oportunidade brilhante de aumentar a vantagem, colocando a bola por cima da trave à queima-roupa.

O segundo aconteceu quatro minutos depois do intervalo, quando a lateral-direita Karen Luna acertou um meio-voleio de escanteio de Ovalle que desviou ao entrar na rede.

O Paraguai teve a chance de jogar novamente de pênalti, mas o fraco chute de Jessica Martinez foi defendido por Estebany Barreras.

As sul-americanas então se lançaram para a frente e reduziram a desvantagem com cabeceamento de Camila Barbosa em cobrança de escanteio, aos 64 minutos.

Mas cinco minutos depois, o México restaurou a vantagem de dois gols quando Stephanie Meyer teve seu chute desviado por Alicia Bobatilla, antes de Ovalle aproveitar uma bola perdida e desviar de um ângulo apertado.

Mas o Paraguai não estava com vontade de rolar e revidou quando Rebecca Fernandez terminou sua corrida atrás da defesa a tempo de fazer o 3-2.

Ovalle, em busca de seu hat-trick, fez uma excelente defesa de Bobadilla com uma cobrança de falta de mais de 25 metros e foi novamente à queima-roupa para acertar um chute brilhante que ultrapassou a goleira paraguaia Carla Nieto.

READ  Brasil tem o AirPods Pro 2 mais caro do mundo