Setembro 27, 2021

FVO Site

Encontre as últimas notícias do mundo de todos os cantos do globo no site FVO, sua fonte online para cobertura de notícias internacionais.

Estados do nordeste do Brasil abandonaram os planos de comprar a vacina russa Govt-19

BRASÍLIA, 5 de agosto – Os estados do Nordeste do Brasil suspenderam os planos de importação da vacina Sputnik V Govit-19 da Rússia, disseram quinta-feira a agência reguladora de saúde do país, a Anvisa e o governador do estado de Biao, Wellington Dias.

Diaz se reuniu com representantes do Fundo Russo de Investimento Direto (RDIF), que comercializa a vacina desenvolvida por Kamaleya, de Moscou, e disse que 37 milhões de doses originalmente impostas ao Brasil seriam entregues ao México, Argentina e Bolívia.

A Anvisa negou a autorização do pedido de emergência do Sputnik no Brasil, mas no mês passado permitiu que os estados do Nordeste importassem 2 milhões de doses sob condições estritas, incluindo testes de transcrições de adenovírus antes de usar a vacina, bem como testes e rastreamento das pessoas que recebem as filmagens.

A RDIF informou que a Federação dos Estados do Nordeste se comprometeu a adquirir a vacina russa e que as doses destinadas ao Brasil não serão impostas a outros países.

As finanças russas afirmam que um navio programado para sexta-feira foi encalhado devido a “novas exigências impostas pela Anvisa nos últimos dias”.

A Anvisa afirmou em nota que não foram impostas novas condições às importações do Sputnik e que as 22 condições, que foram finalizadas em junho, preencheriam “lacunas de informação”.

Relatório de Lisandra Paraguas e Anthony Botley; Edição de Jonathan Otis, Phil Bergrod e David Gregorio

Nossos padrões: Políticas da Fundação Thomson Reuters.

READ  O jogo exclusivo está acessível?