Maio 19, 2024

FVO Site

Encontre as últimas notícias do mundo de todos os cantos do globo no site FVO, sua fonte online para cobertura de notícias internacionais.

Energia limpa poderia conectar o estado brasileiro de Bayou ao mundo

Energia limpa poderia conectar o estado brasileiro de Bayou ao mundo

O estado de Piave, no nordeste do Brasil, não está entre os estados mais ricos ou mais populosos do país – na verdade, nem sequer está entre os mais pobres e menos populosos – mas o seu foco estratégico em energia limpa e parcerias internacionais colocou Pia no cenário mundial.

fala em Cúpula Brasil do Financial Times Patrocinou um evento – esta semana na cidade de Nova York Relatório brasileiro — O governador do Piauí, Rafael Fonteles, sublinhou a importância crítica de conectar seu estado aos mercados globais, delineando iniciativas importantes como o estabelecimento de novos escritórios comerciais em Lisboa, Boston, Xiamen (China) e São Paulo.

O Piauí está envidando esforços para digitalizar seus serviços estatais e desburocratizar, promovendo um ambiente empreendedor. Notavelmente, recentemente ficou em 8º lugar para empreendedores inovadores Classificações estaduais de competitividade.

Somente em 2023, a agência de desenvolvimento do estado investiu mais de R$ 2 milhões em empreendimentos empreendedores promissores, indicando um compromisso com o crescimento econômico impulsionado pela inovação.

No entanto, a chave para a trajetória económica futura da BIA reside nos seus planos ambiciosos de se tornar um centro global para a transição energética. Senhor. Fonteles vê o Piauí como líder na produção de hidrogênio verde, um combustível limpo e versátil, com potencial transformador em muitas indústrias.

O Piauí já atraiu compromissos de investimento significativos, incluindo um ambicioso projeto para estabelecer um parque de hidrogênio verde com financiamento parcial da União Europeia. O empreendimento, planejado para ser o maior do mundo, tem capacidade de geração estimada em 20 gigawatts de energia e deverá criar 20 mil empregos na próxima década.

O entusiasmo pelo hidrogénio verde decorre da sua versatilidade. Este combustível sustentável pode alimentar veículos, aquecer caldeiras, produzir aço utilizando métodos limpos e é parte integrante da produção de Combustível de Aviação Sustentável (SAF) – um componente-chave do compromisso da indústria da aviação global com a neutralidade de carbono até 2050. Em particular, a Airbus, o principal fabricante mundial de aeronaves comerciais, está preparada para lançar uma aeronave movida a hidrogénio até 2035, sublinhando a crescente procura de tecnologias de aviação limpas.

READ  Real brasileiro lidera ganhos na América Latina com commodities estimulando demanda chinesa

Senhor. Fonteles está bem ciente, sublinhando que já estão em curso progressos em importantes áreas regulatórias e ambientais.

Num contexto de preocupações climáticas globais e de desafios ambientais do Brasil, os esforços pioneiros do Piauí oferecem um vislumbre de esperança. Senhor. Fonteles acredita.

A visão está além da energia. O Piauí também está agitando a educação com uma parceria interessante com o Google que visa ensinar inteligência artificial (IA) nas escolas. Esta ambiciosa iniciativa, que começou em 2023, já conta com 120.000 alunos cursando disciplinas de IA como parte de seu currículo.

“A IA permeará todos os aspectos da atividade humana. Precisamos dotar os nossos jovens com as competências necessárias para utilizar e utilizar estas ferramentas transformadoras de forma responsável”, afirma o Sr.

A jornada de Pia desafia as noções convencionais do que um pequeno estado brasileiro pode alcançar e visa posicioná-lo como um ator dinâmico no cenário mundial. Num mundo que enfrenta as alterações climáticas e a disrupção tecnológica, a Pews pode tentar apresentar-se como um farol de esperança, mostrando o poder transformador dos investimentos estratégicos no desenvolvimento sustentável.

À medida que o Piauí continua a traçar o seu caminho em direção a um futuro mais verde e inovador, o mundo está atento, pronto para testemunhar a ascensão de um pequeno estado com grandes ambições.