Maio 22, 2024

FVO Site

Encontre as últimas notícias do mundo de todos os cantos do globo no site FVO, sua fonte online para cobertura de notícias internacionais.

Em meio a sua polêmica no Brasil, Kelly Slater compartilhou um vídeo antigo de sua histórica vitória em 1997 no Rio de Janeiro.

Em meio a sua polêmica no Brasil, Kelly Slater compartilhou um vídeo antigo de sua histórica vitória em 1997 no Rio de Janeiro.

Em 11 de fevereiro de 2023, completou 51 anos, encerrando mais de 3 décadas de surf. Depois de ganhar o título da World Surfing League 11 vezes, a sede de surf de Kelly Slater ainda não foi saciada. No surfe, Kelly Slater teve que desistir do Vivo Rio Pro 2023 devido a lesão, tendo disputado quase todas as competições. A ânsia de seus fãs em vê-lo surfar criou muita decepção entre eles. Em meio à polêmica, um vídeo dele vencendo uma competição foi compartilhado na internet.

Kelly Slater atingiu quase todos os marcos em todos os cantos do planeta que oferecem um bom local para surfar. Em 1997, venceu uma competição de surfe no Rio de Janeiro. Foi um momento épico na vida do jovem de 25 anos, cujo vídeo está viralizando na internet.

Kelly Slater relembra os bons velhos tempos

Anúncio

O artigo continua abaixo deste anúncio

Kelly Slater adora surfar e, quando não pode participar de uma competição, ninguém sente mais falta do que ela. Apesar dos problemas de saúde de Slater, como ele citou, seus fãs brasileiros podem estar chateados por Slater não poder ir ao Vivo Rio Pro 2023. Muitos fãs debateram os méritos dessas questões.

via imago

No entanto, ao compartilhar um vídeo antigo dele online, Slater revelou que estava sentindo o ‘blues’ depois de perder o Vivo Rio Pro. Ele levou para suas histórias do Instagram e escreveu, “Brasil 1997 Barra Tijuca”. Junto com isso, foi lançado um vídeo que compilou seus melhores momentos surfando nas ondas da Barra da Tijuca.

O vídeo foi compartilhado por um certo Mario Fords. “Minha edição de algumas fotos da Kelly vencendo um evento histórico com ondas épicas na Barra da Tijuca no Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 1997”. Ele havia postado um clipe antigo do canal “Sportive” que transmitia a partida na época.

Anúncio

O artigo continua abaixo deste anúncio

Este é um desempenho do mais alto calibre

A Barra da Tijuca, localizada em um bairro nobre da zona oeste do Rio de Janeiro, produz algumas das melhores e mais lendárias ondas do surfe. Em 1997, de acordo com o clipe em anexo, Slater realizou tudo o que um fã de surfe poderia querer ver. Havia barris, aéreos, aggro e todos os tipos de truques que Slater executava. É um show épico repleto de todos os truques que um surfista pode esperar.

31 de agosto de 2010 – Tehupo O, Taiti, Polinésia Francesa – Kelly Slater (EUA). Surf profissional ASP – Billabong Pro Tahiti. Uma onda perfeita em um dia curto em Tehupu, o Tahiti ainda é uma visão incrível. – ZUMAr16

Seus anos de trabalho árduo, resultando em grandes apresentações como essas, lhe renderam uma legião de fãs em todo o mundo. Assim, enquanto se falava em uma lesão que impedia Slater de participar do Vivo Rio Pro deste ano, seus fãs, que esperavam ansiosamente por sua apresentação, não conseguiam entender sua ausência. No entanto, ele promete um forte retorno e pode ser visto em ação nas Olimpíadas de Paris do ano que vem.

Anúncio

O artigo continua abaixo deste anúncio

Confira esta história – Assista a este raro fenômeno natural em um local de surf natural que mudará o seu dia

READ  No rali de motociclistas, o brasileiro Bolzano disse que a polícia o apoiaria 'não importa o quê'