Agosto 16, 2022

FVO Site

Encontre as últimas notícias do mundo de todos os cantos do globo no site FVO, sua fonte online para cobertura de notícias internacionais.

Dívida pública brasileira sobe 2,01% em maio, juros atingem máxima de 5 anos

Pessoas caminham em frente ao prédio da sede do Banco Central em Brasília, Brasil, em 22 de março de 2022. REUTERS / Adriano Machado

Inscreva-se agora para ter acesso gratuito e ilimitado ao Reuters.com

BRASÍLIA, 28 Jun (Reuters) – A dívida pública federal do Brasil subiu 2,01% em maio, com o custo médio dos empréstimos domésticos subindo para a maior alta em cinco anos em meio à alta inflação, informou o Tesouro nesta terça-feira.

Os estoques de dívidas subiram para US$ 5,702 trilhões (US$ 1,08 trilhão) em maio, alta de 0,45% em relação ao mês anterior. Os dados de abril ainda não foram divulgados devido a protestos de funcionários do Tesouro sobre aumentos salariais.

Segundo o Tesouro, a taxa média de juros da dívida interna doméstica subiu para 11,69% em abril, de 11,29%, o maior nível desde maio de 2017, em meio à inflação e à apreciação das taxas de juros.

O banco central brasileiro já elevou sua taxa básica de juros para 13,25%, de um recorde de 2% em março do ano passado, sinalizando mais um aumento em sua luta para controlar a inflação de dois dígitos na maior economia da América Latina.

($ 1 = 5,2557 Arroz)

Inscreva-se agora para ter acesso gratuito e ilimitado ao Reuters.com

Reportagem de Marcela Ayers, edição de Chris Reese

Nossos padrões: Princípios de Confiança da Thomson Reuters.

READ  'Derrube a porta' para o ponto de partida do Liverpool se a estrela do Brasil for transferida