Agosto 16, 2022

FVO Site

Encontre as últimas notícias do mundo de todos os cantos do globo no site FVO, sua fonte online para cobertura de notícias internacionais.

Caixas conservantes de exportação de frutas enviam produtos do Brasil para todo o mundo

Desde que começou a participar de feiras internacionais, a marca FarmFresh Termotécnica ampliou seus negócios em conservantes para exportação de frutas.

Em quatro anos, mais de 1 milhão de conservantes FarmFresh foram utilizados para exportar mais de 4.000 toneladas de frutas brasileiras premium para países da Europa, como França, Espanha, Inglaterra, Áustria, além do Oriente Médio, Rússia, China e Canadá. Entre as principais frutas embaladas estão manga, limão e uva. No entanto, também são utilizados para exportar pitaya, figo, mamão, goiaba, maracujá, lichia, atemoia, entre outros.

As soluções FarmFresh estarão em exposição na Fruit Logistica Berlin 2022 de 5 a 7 de abril no Pavilhão Brasil junto com a Abrafrutas (Associação Brasileira dos Exportadores de Frutas e Derivados).

“Nosso objetivo é destacar os benefícios da linha FarmFresh para os importadores. Apresentamos os resultados dos testes e quantificamos os ganhos de acordo com cada realidade”, afirma Nivaldo Fernandes de Oliveira, diretor geral da Termotécnica.

As caixas conservadoras contribuem de várias maneiras para a sustentabilidade.

As soluções fabricadas pela Termotécnica estão ganhando ampla aceitação no mercado do agronegócio por valorizar as frutas brasileiras, permitindo que mercados distantes sejam melhor atendidos mantendo a qualidade por mais tempo.

O aumento da vida útil em até 30% em relação a outros tipos de embalagens possibilita a exportação para locais distantes com longos tempos de trânsito. Também permite a utilização de vários modos de transporte.

Para atender o exigente mercado europeu, os produtores de frutas brasileiras para exportação dão atenção especial à pós-colheita, além da excelência em todas as etapas da produção.

Pensando nessa qualidade, as soluções FarmFresh agregam valor em toda a cadeia: na embalagem da fruta, na facilidade e custo/benefício da logística de transporte, na armazenagem e no varejo.

READ  ISPs no Brasil se beneficiam das mudanças de TVWS

A embalagem é um veículo importante para posicionar e comunicar esses benefícios, bem como agregar valor. Toda a tecnologia de conservação e design das soluções FarmFresh EPS são patenteadas e permitem que os clientes comuniquem esses diferenciais de qualidade das frutas brasileiras.

Um aspecto importante para atender o mercado externo, principalmente o europeu, é a preocupação com a sustentabilidade. Questões como logística reversa de embalagens e redução de resíduos em toda a cadeia são cada vez mais importantes. “O mundo e os mercados estão cada vez mais exigentes em relação à pegada ambiental das empresas, e estamos comprometidos com essa agenda apresentando soluções alinhadas a essas demandas”, afirma o presidente da Termotécnica, Albano Schmidt.

As caixas de conservação contribuem em três frentes para a sustentabilidade:

  1. Reciclagem pós-consumo: EPS pode ser 100% reciclado. A Termotécnica faz parte da Global Packaging Alliance, parceria global para reciclagem de embalagens;
  2. Aumentando a vida útil: de produtos frescos em até 30%;
  3. Diminuindo a pegada de carbono: com a redução das emissões de CO² equivalente no transporte devido ao menor peso das soluções.

Acesse o Relatório de Sustentabilidade da empresa aqui.

Para maiores informações:
Carla Lavina
Logos Conexão e Conteúdo
Tel: +55 47 9 9127 9834
carla.lavina@logosag.com.br
http://www.termotecnica.ind.br/