Maio 24, 2024

FVO Site

Encontre as últimas notícias do mundo de todos os cantos do globo no site FVO, sua fonte online para cobertura de notícias internacionais.

Brasil vende 11 Embraer E-175 para a Alaska Airlines e financia parcialmente operação – Mercopress

Brasil vende 11 Embraer E-175 para a Alaska Airlines e financia parcialmente operação – Mercopress

Brasil financia parcialmente a operação com a venda de 11 Embraer E-175 para a Alaska Airlines

Quarta-feira, 21 de junho de 2023 – 04:35 UTC


O Banco de Desenvolvimento do Brasil (BNDES) está financiando R$ 1,3 bilhão para a exportação de onze jatos executivos Embraer E-175 para a Alaska Airlines, quinta maior companhia aérea dos Estados Unidos.

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) concedeu R$ 1,3 bilhão em financiamento para a exportação de onze jatos comerciais Embraer E-175 para a Alaska Airlines, quinta maior companhia aérea dos Estados Unidos. O financiamento cobrirá uma parte do investimento do Alasca na compra de aeronaves. O pagamento será feito diretamente ao empregador em reais no Brasil.

Segundo o BNDES, a aeronave será entregue à subsidiária Horizon, do Alasca, entre 2023 e 2024, conforme acordo comercial previamente firmado com a Embraer. O financiamento marca o primeiro financiamento de exportação de aeronaves do BNDES para a Alaska Airlines e a Horizon Air Industries.

A Horizon, na qualidade de importadora, pagará o BNDES em dólares e gerará divisas para o Brasil nessa moeda.

O BNDES apoia as exportações da Embraer desde 1997, oferecendo condições competitivas semelhantes às oferecidas pelos concorrentes internacionais, que contam com financiamentos de bancos de fomento e agências de crédito à exportação em seus respectivos países.

“O BNDES é um parceiro de longa data da Embraer no apoio às exportações de aeronaves, permitindo a manutenção de empregos altamente qualificados no Brasil, gerando investimentos significativos e fortalecendo a posição do Brasil no mercado internacional”, disse o presidente do BNDES, Aloysio Mercatante.

Mercadante destacou ainda que o apoio às exportações é necessário para aumentar a competitividade nacional, criar empregos e contribuir para a balança comercial.

O BNDES enxerga o setor aeronáutico de forma estratégica, dada a riqueza de conteúdo tecnológico, inovação e potencial de formação de mão de obra. Nas operações diretas da indústria aeronáutica, a aeronave costuma ser a principal garantia do financiamento.

READ  Buenos Aires Times | Pesquisa de opinião: Lula tem mais espaço contra Bolzano

Antonio Carlos Garcia, Vice-Presidente de Finanças e Relações com Investidores da Embraer, destacou a importância estratégica da exportação dessas aeronaves para a Embraer. Ele reconheceu o papel fundamental do BNDES em facilitar a presença internacional significativa de produtos brasileiros de alto valor, como o setor aeronáutico.