Setembro 27, 2021

FVO Site

Encontre as últimas notícias do mundo de todos os cantos do globo no site FVO, sua fonte online para cobertura de notícias internacionais.

Brasil trata com relutância a impopular Copa América | Brasil

D.O trabalho agora está mais seguro do que quando o Brasil se preparou para sediar a Copa América, há dois anos. Mas o fato de ele ter levado o time à glória nesses torneios e dar aos fãs brasileiros sua primeira grande taça de prata em 12 anos tem pouco a ver com sua segurança no emprego. Ao contrário, sua posição foi fortalecida com o debate sobre onde a Copa América deve ser disputada este ano. O futebol brasileiro está em tal crise desde o campo que não consegue superar nenhum obstáculo.

A Copa América deveria ser co-sediada pela Colômbia e pela Argentina este ano, mas a Conmepol decidiu, confusa, transferir o torneio para o Brasil, apesar da eclosão da agitação social na Colômbia e do aumento dos casos Covit-19 na Argentina. Ambos os problemas. Mais de 480.000 pessoas foram infectadas com o vírus no Brasil, onde um número semelhante saiu às ruas para protestar contra o uso indevido da epidemia pelo presidente Jair Bolzano.

Tide e seus jogadores estavam insatisfeitos com a transferência da partida para o Brasil, e parecia que se retirariam da oposição assim que completassem as duas eliminatórias da Copa do Mundo contra Equador e Paraguai nesta semana, ambas vencidas pelo Brasil, que continuaram com um recorde de 100% na qualificação.

O capitão do Brasil, Casimiro Equador, não compareceu a uma coletiva de imprensa pré-jogo e depois disse aos repórteres após a partida que “todo mundo sabe o que pensamos”, aumentando as esperanças dos torcedores contra a ideia de sediar o evento no Brasil em meio a uma crise de saúde. Neymar, que muitas vezes é criticado por não estar relacionado com a realidade da vida voltando para casa e por não tomar posições em questões importantes, também estaria liderando o movimento ao lado do meio-campista do Real Madrid.

READ  O atual campeão Brasil avança para a final do futebol masculino

A revolta que sentiram não foi bem com o presidente Bolzano ou com a Confederação Brasileira de Futebol, e eles estavam se preparando para demitir Tito e substituí-lo pelo feroz torcedor do Bolsanaro, Renato Casso. A maré atraiu a maior parte da raiva dos políticos de direita. Flavio, filho mais velho do senador Paulsonaro no Rio de Janeiro, chamou o gerente de “hipócrita” e “polidor de maçãs” do ex-presidente brasileiro Lula. O vice-presidente do Bolsanaro, Hamilton Mario, também zombou de Tait, dizendo “vá em frente e renuncie” e disse que o meio-campista Guayaquil precisava de um novo técnico.

Rosario Caboclo, presidente da Federação Brasileira de Futebol, também criticou duramente o treinador. Mas quando parecia que Tide perderia o emprego, Caboglo foi assediado sexualmente por um ex-funcionário da federação. Ele negou as acusações, mas divulgou gravações de áudio do que a vítima teria feito, nas quais perguntava se ela havia se masturbado. Ele a chamou de “cachorrinha” e disse que seu cachorro estava oferecendo biscoitos e latindo para ela. Caboglo diz que é inocente e tem “certeza absoluta” de que vai provar, mas a federação o suspendeu por 30 dias e é improvável que ele volte.

Diante da pressão de vários patrocinadores do time, a Confederação de Futebol recuou e disse a Titus – que, em sua gestão de cinco anos, perdeu apenas uma partida nas quartas-de-final da Copa do Mundo de 2018 contra a Bélgica – que faria seu trabalho com segurança e ser a pessoa a liderar a seleção do Brasil no Catar no ano que vem. Além disso, Bolzano anunciou que não vai interferir, dizendo que “não tem controle sobre os treinadores”.

Apesar da mudança de poder a seu favor, os jogadores decidiram se opor ao boicote da Copa. Eles disseram que “não estão satisfeitos” com a forma como as partidas foram organizadas, mas que jogariam de qualquer maneira. “Somos contra a organização da Copa América, mas nunca diremos não à seleção brasileira”, disseram os jogadores em comunicado conjunto.

A decisão dos jogadores e a calma na declaração causaram uma pequena mudança em muitos torcedores, principalmente quando Markinhos afirmou que os comentários políticos só deveriam ser feitos “em casa, em particular”, e o Tide ainda não se manifestou sobre o assunto. Walter Cossackrande, o grande companheiro de equipe de Sócrates que abraçou a ditadura militar na década de 1980, criticou os soldados: “Tome uma atitude de homem de verdade. O que os jogadores da seleção nacional estão fazendo é covardia. ”

Jair Bolzano venceu a Copa Amrica 2019. Foto: Carl de Zoza / AFP / Getty Images

Para futebol de verdade, então. O Brasil, com sede na América do Sul, lidera as eliminatórias para a Copa do Mundo, seis pontos à frente da segunda colocada Argentina. Eles venceram todas as seis eliminatórias até agora, mantendo cinco jogos sem sofrer golos e uma média de 2,6 gols por jogo. Eles têm uma mistura saudável de jogadores e jovens jogadores em sua equipe e são os favoritos para reter o troféu em casa. Danny Alves, que foi capitão do Brasil e jogador do torneio em 2019, não formou o time, mas Neymar, que se lesionou pouco antes da última Copa, está pronto para liderar o time novamente.

O vencedor da Champions League, Diego Silva, tem a oportunidade de formar uma sólida aliança de zagueiro com Marginhos, pronto para avançar quando o mais avançado Ader Milito for necessário. Enquanto Emerson parece promissor no lado direito, enquanto Renan Lodi atraiu o Atlético de Madrid para a esquerda nesta temporada, a dupla da Juventus, Alex Sandro e Danilo, foi escolhida pelo Tide como zagueiros.

Fred, que perdeu um assento no avião para a Rússia para a Copa do Mundo 2018, vai progredir e se juntar a Casemiro no meio-campo defensivo, atrás de Lucas Pocket e Neymar.

Apertado será sem o lesionado Philippe Coutinho, que terá de escolher entre Robert Firmino – que é versátil mas bem estruturado – e Gabriel “Cabicole” Barbosa, um dos melhores goleadores do Brasil nos últimos anos, e um dos 24 jogadores da casa nos 24 convocados, com o jogador Overton Ribeiro e o terceiro goleiro do Palmeras, Weverton. À direita do ataque está um lance entre Richardson e Gabriel Jesus, e Tide ainda pode adicioná-lo ao campo juntos se ele decidir atacar. No alvo, Ederson finalmente conseguiu a primeira colocação de Alison, que teve um ano difícil na vida profissional e pessoal.

Considerando a ascensão do Covit-19 em todo o Brasil, não haverá fãs. Porém, tendo em vista que o Brasil gritou na partida de abertura da última Copa por não ter conseguido fazer 3 a 0 no primeiro tempo contra a Bolívia, isso pode ser uma bênção disfarçada. Evitar jogar para torcedores de classe média do Bolsanaro – algumas pessoas que podem comprar ingressos no Brasil – pode ser ainda melhor para Tito. No entanto, não há dúvidas de que Bolzano vai comparecer quando seu time enfrentar a Venezuela na partida de estreia na noite de domingo em Brasília.