Julho 2, 2022

FVO Site

Encontre as últimas notícias do mundo de todos os cantos do globo no site FVO, sua fonte online para cobertura de notícias internacionais.

Brasil luta contra o tempo e a brisa do mar em um esforço para preservar igrejas históricas

SÃO PAULO – Fundado em 1551, o Arcebispo de Salvador na Bahia é o originador originário do Brasil. É por isso que a cidade litorânea, que recebe milhares de turistas todos os meses, possui dezenas de igrejas centenárias, algumas das quais são importantes obras dos estilos barroco, neoclássico e rococó brasileiro.

Muitas dessas igrejas foram decoradas com painéis Azulejos, os azulejos tradicionais portugueses são geralmente pintados com temas árabes ou metafóricos.

Devido à sua antiguidade, à atividade constante da brisa do mar e ao grande número de visitantes, essas paredes decoradas sofrem uma contínua decadência e precisam de ser recuperadas ao longo do tempo – um desafio histórico muitas vezes esquecido num país amplamente ignorado. Doença.

Uma das igrejas está atualmente lutando para protegê-la Azulejos É a terceira fila da igreja de São Francisco. Sua construção começou em 1702, e Azulejos Eles foram trazidos de Portugal logo depois.

“Há paredes Azulejos Em aglomerados, corredores e galerias. Alguns deles são muito degenerados”, disse Virginia de Tullio, assistente do time da terceira divisão. Ladrões.

Igreja da terceira fila de São Francisco em Salvador, Brasil. (Crédito: Prefeitura Municipal de Salvador.)

De Tullio explicou que foi contratado por Jaime Palero, presidente da Ordem, para trabalhar em um plano de restauração dos painéis. O esquema foi aprovado pelo Esquema de Promoção Cultural do governo, que permite que as empresas desviem uma parte de sua carga tributária para empreendimentos artísticos e culturais. Mas até agora nenhum doador foi encontrado.

“Precisamos conseguir R$ 5 milhões [about $920,000]. Estamos procurando empresas no Brasil, Portugal e outros países, mas ninguém decidiu financiar ainda”, disse.

Alguns painéis retratam o terramoto de 1755 que devastou a cidade de Lisboa. Enquanto isso, ele Azulejos Estão do lado de fora do edifício e estão em mau estado.

READ  A polícia descobriu fósseis de répteis voadores excepcionais do Brasil

“Tivemos que colocar gaze em algumas áreas para evitar que os azulejos caíssem das paredes”, explicou De Tullio.

A igreja estava fechada há mais de um ano devido à epidemia, mas reabriu em setembro. Mais de 120 pessoas vêm e vão todos os dias.

A igreja fica ao lado da primeira fila da igreja de São Francisco, e a construção começou no final do século XVII.º Século. Produto básico do barroco brasileiro com decoração de interiores em estilo neoclássico e rococó, a igreja está se deteriorando devido aos danos causados ​​pela água e pela brisa do mar.

“As pinturas tridimensionais do telhado, pintadas com técnica francesa pelo pintor José Joachim da Rocha, quase desapareceram por causa da umidade. As paredes, que estavam cobertas de azulejos portugueses, foram danificadas pela maresia”, disse o irmão franciscano Philippe Ferreira. Ladrões.

Azulejos, exemplos de painéis de azulejos tradicionais portugueses na Igreja de São Francisco em Salvador, Brasil. (Crédito: St. Francis Third Row.)
Azulejos, exemplos de painéis de azulejos tradicionais portugueses na Igreja de São Francisco em Salvador, Brasil. (Crédito: St. Francis Third Row.)

Azulejos Nas paredes da igreja e em Gloucester. Eles mostram capítulos sobre a vida de São Francisco, temas bíblicos e cenas da vida cotidiana. Ferreira explicou que estão expostos à maresia desde que foram criados na costa portuguesa.

“A salinidade é esmaltada sobre os azulejos. [the glaze is destroyed], A umidade os atinge com mais força e os torna piores”, disse ele.

A igreja foi oficialmente declarada parte do patrimônio histórico do país há muitos anos, então o governo é responsável por sua preservação.

Desde 2020, o governo vem trabalhando nisso Azulejos‘Restauração. Alguns azulejos perderam completamente a pintura, então a equipe de restauração está tentando encontrar seus registros nos arquivos para recriar as imagens originais.

“Infelizmente, às vezes os prédios históricos ficam tão ruins, até que o governo decide restaurá-los”, disse Ferreira.

READ  Brasil registra quase 60.000 novas infecções do governo - últimas atualizações

Uma das igrejas mais importantes de Salvador, 18º Lá está a Igreja Centenária do Sempre Senhor do Bonfim Corre Painéis no corredor principal e dois corredores laterais, todos retratando cenas gospel. Dois meses atrás, sua restauração começou.

“É um trabalho completo: os azulejos são retirados da parede, lavados, e suas pinturas restauradas, e depois recolocadas em uma placa especial, que evita a umidade”, disse Edson Menes da Silva, reitor do Bonfim.

Igreja de primeira linha de São Francisco em Salvador, Brasil. (Crédito: Prefeitura Municipal de Salvador.)

Décadas atrás, os azulejos estavam melhor conservados, mas com o tempo a igreja decadente foi forçada a procurar ajuda novamente.

“Em uma igreja como a nossa, você não pode defendê-la Azulejos Como estar em um museu. Há muita movimentação de pessoas todos os dias”, disse.

Problemas com os painéis foram descobertos há muitos anos. A igreja buscou a ajuda de um Congresso baiano, e ele retirou recursos do orçamento federal. Azulejos E o altar, onde a madeira foi danificada por cupins e o forro dourado foi erodido.

“Mas há um longo processo burocrático. Este ano os recursos foram finalmente liberados”, disse Silva.

Enquanto a igreja esperava a liberação do dinheiro, a deterioração dos azulejos continuava a progredir – e da Silva ficava cada vez mais angustiado.

“Demorou tanto que o congressista nem era congressista agora. Ele não foi reeleito há três anos. A obra está prevista para ser concluída em um mês, segundo ele.

Muitas igrejas e prédios afins ainda estão esperando para serem reformados em Salvador e em outras partes do país. Um acordo foi assinado no ano passado entre a Conferência Episcopal e a agência governamental responsável pelos edifícios históricos. O tratado, que incluía a proteção e restauração de igrejas antigas em todo o país, foi aceito com alegria por muitos no Brasil, dado o histórico de indiferença do governo ao patriotismo da nação.

READ  Atualização 1 - Os mercados do Brasil giram após a maior alta das taxas de juros desde 2002

“Quando não preservamos o patrimônio histórico, corremos o risco de nos tornarmos pessoas sem memória”, disse Ferreira.