Novembro 28, 2021

FVO Site

Encontre as últimas notícias do mundo de todos os cantos do globo no site FVO, sua fonte online para cobertura de notícias internacionais.

Brasil aprova preços de Ancara 3 para privatização da Eletrobras

O logotipo da empresa brasileira de energia Electropros é visto em 3 de janeiro de 2019 no Rio de Janeiro, Brasil. REUTERS / Pilar Olivares / Arquivos

São Paulo, 20 de outubro (Reuters) – O Ministério de Minas e Energia do Brasil aprovou na quarta-feira os parâmetros de preço da eletricidade gerada pela usina nuclear de Angra 3 para a privatização da estatal Electropross (ELET6.SA) .

A Centrice Eletricas Brasileiras SA, como a empresa é formalmente conhecida, decidiu que, na apresentação dos títulos, o Conselho Nacional de Energia (CNPE) levaria em conta o potencial econômico do empreendimento, com preços para o Angra 3 em construção. 8,8% de custo de capital ao ano.

Eles atenderão a estudos realizados pelo banco de desenvolvimento brasileiro BNDES e considerarão os investimentos e dívidas necessários para concluir a usina, acrescentou a Eletrobras.

O preço é um passo para a privatização da Eletrobras, que deve ocorrer no início de 2022, quando a unidade de energia nuclear Eletronuclear da empresa será dissolvida e colocada sob controle do governo.

Na terça-feira, o governo brasileiro aprovou o modelo de privatização da Eletrobras. consulte Mais informação

Os analistas do Credit Suisse saudaram o avanço do processo de privatização. “Estamos confiantes de que o governo ainda conseguirá cumprir sua meta de privatizar a Eletrobras no 1S22”, disseram em nota de pesquisa.

As ações da Eletrobras caíram 3% a 38 na negociação da tarde.

Relatório de Gabriel Arazo; Edição de Louis Heavens e Sandra Malor

Nossos padrões: Políticas da Fundação Thomson Reuters.

READ  Táxis aéreos elétricos são introduzidos na cidade mais movimentada do Brasil