Maio 21, 2024

FVO Site

Encontre as últimas notícias do mundo de todos os cantos do globo no site FVO, sua fonte online para cobertura de notícias internacionais.

Bolsonaro convoca manifestação em massa no Rio em meio a problemas legais

Bolsonaro convoca manifestação em massa no Rio em meio a problemas legais

Bolsonaro convoca manifestação em massa no Rio em meio a problemas legais

Rio de Janeiro, 7 de abril de 2024 (BSS/AFP) – O ex-presidente brasileiro Jair Bolsonaro convocou no sábado uma manifestação em massa na famosa praia de Copacabana, no Rio, no final deste mês, para mostrar a força de seu apoio à medida que desafios legais se aproximam.

O comício de 21 de abril ocorre depois do comício de São Paulo em fevereiro, que atraiu cerca de 185 mil pessoas, disseram os pesquisadores.

“Vamos acompanhar o que aconteceu em São Paulo… e transmitir mensagens sobre a nossa democracia e o Estado de direito”, disse Bolsonaro em um vídeo compartilhado em suas contas nas redes sociais.

As autoridades brasileiras estão investigando se o ex-líder de extrema direita instigou uma “tentativa de golpe” para impedir que seu oponente nas eleições de 2022 e atual presidente, Luiz Inácio Lula da Silva, assumisse o cargo em janeiro de 2023.

Como parte dessa investigação, a polícia confiscou o passaporte de Bolsonaro em 8 de fevereiro.

Ele já foi impedido de ocupar cargos públicos por oito anos por destruir infundadamente o sistema de votação do Brasil antes das eleições de 2022.
A Polícia Federal recomendou no mês passado que ele fosse acusado de falsificar seus registros de vacinação contra a Covid-19.

Bolsonaro passou dois dias na embaixada da Hungria em Brasília em fevereiro, mas seus advogados negaram que ele tenha pedido asilo em processos judiciais.

O New York Times noticiou que o antigo líder estava “escondido” num complexo diplomático, mas os seus advogados disseram que Bolsonaro estava a passar tempo com autoridades de um “país amigo” liderado pelo também líder de extrema-direita, Viktor Orbán.

READ  Equinor e Petrobras avaliam projetos offshore no Brasil

Bolsonaro negou todas as acusações contra ele, dizendo que foi vítima de “perseguição”.

Tal como Donald Trump nos Estados Unidos, Bolsonaro, 69 anos, manteve um núcleo de apoiantes leais num país profundamente dividido, mesmo com o aumento das acusações e investigações contra ele.