Agosto 16, 2022

FVO Site

Encontre as últimas notícias do mundo de todos os cantos do globo no site FVO, sua fonte online para cobertura de notícias internacionais.

Árbitro foca no empate do Equador com o Brasil nas eliminatórias da Copa do Mundo

O árbitro Wilmer Roldan menciona o VAR nas eliminatórias da Copa do Mundo da FIFA entre Brasil e Equador.

O Equador empatou em 1 a 1 em casa com o Brasil, dois jogadores foram expulsos para aumentar suas chances de classificação para a Copa do Mundo nesta partida e várias decisões importantes da arbitragem foram anuladas pelo VAR.

Antes do Equador empatar com um cabeceamento de Felix Torres aos 75 minutos, Casimiro marcou um gol que já havia se classificado para a partida no Catar, marcando um gol vazio para o Brasil aos seis minutos.

Mas o árbitro colombiano Wilmer Roldan chamou mais atenção ao reverter uma série de decisões importantes após uma revisão de vídeo – a goleiro do Brasil Alison foi expulso duas vezes e ambos foram expulsos.

Publicidade

Publicidade

Copa Asiática Feminina da AFC: Filipinas avançam para as quartas de final

Irã é o primeiro país asiático a se classificar para a Copa do Mundo de 2022

Roldan nem apitou errou quando o goleiro equatoriano Alexander Domingue colocou os tocos no pescoço do atacante brasileiro Matthias Cunha, que desafiou uma bola na entrada da área aos 16 minutos. Após a revisão do VAR, Dominguez recebeu um cartão vermelho direto.

Então, aos 20 minutos, o zagueiro brasileiro Emerson Royal caiu no segundo amarelo, e 10 minutos depois Alison apareceu como o terceiro jogador. No entanto, Roldan mudou de ideia e mostrou o cartão amarelo após entrar no VAR.

O segundo tempo teve um tema semelhante, pois o árbitro colombiano marcou dois pênaltis ao Equador para reverter as duas decisões após a revisão. A segunda lesão por pênalti foi pontual e Allison recebeu um segundo amarelo, que também foi cancelado.

READ  O atual campeão Brasil avança para a final do futebol masculino

Isso significa que o Equador pode garantir seu lugar no Catar vencendo o Peru na terça-feira. O craque lesionado está jogando no Brasil sem Neymar.