Julho 2, 2022

FVO Site

Encontre as últimas notícias do mundo de todos os cantos do globo no site FVO, sua fonte online para cobertura de notícias internacionais.

3 Homens Crack 52 Segundos em 100 Fly Final

Troféu Brasil de Natação 2022

Três homens quebraram 52 segundos na final dos 100 flys esta noite no Rio de Janeiro, liderados por Matheus Gonche, que rugiu para outro título em 51,60. Ele se virou um pouco para trás Vini Lanza e Kayky Mota, mas foi capaz de voltar um pouco mais rápido. Com a natação, Gonche subiu para a 9ª posição no mundo este ano.

Lanza terminou em 2º com 51,82, enquanto Mota ficou com 51,94. Todos os 3 homens estavam sob o corte FINA ‘A’ de 51,96, o que significa que Gonche e Lanza conseguiram seus ingressos para o Campeonato Mundial neste evento.

Em mais uma grande atuação, Viviane Jungblut conquistou o título nos 800 livres femininos, acelerando para um 8: 30,84. Ela estava fora do seu recorde brasileiro de 8h29h30, que ela estabeleceu há alguns meses, em dezembro de 2021. Ela dividiu a prova negativamente, saindo em 4h16m70 e voltando para casa em 4h14m14. Jungblut ficou bem abaixo do corte ‘A’ da FINA de 8: 37,90, assim como o vice-campeão Gabrielle Gonçalves, que terminou em 8: 35,29. Isso significa que o Brasil terá duas mulheres representando-os no evento da Copa do Mundo neste verão.

No 100 fly feminino, Giovanna Diante pegou outro título de mosca, acelerando para 58,87 para tocar primeiro. Ela estava um pouco fora do corte FINA ‘A’ de 58,33.

Os 200 costas masculinos viram Leonardo de Deus afastar-se do campo, nadando a 1: 59,50. Ele tocou primeiro por 2,5 segundos, saindo para a liderança inicial com 57,78 nos primeiros 100. De Deus estava fora do corte FINA ‘A’ de 1: 58,07. Ele já está qualificado para competir nos 200 metros no Campeonato Mundial neste verão.

READ  O Estado da Serra do Brasil avançou com um projeto de energia eólica marítima de 15 MW

Andrea Berrino venceu os 200 metros femininos em 2: 14.14, tirando mais de 4 segundos de seu tempo nas preliminares.