Famosos

Meryl Streep se define feminista e fala sobre assédios em Hollywood: “Muita coisa vai mudar”

Meryl Streep pode ganhar seu nono Globo de Ouro em cerimônia que acontecerá neste domingo (7) em Los Angeles
Meryl Streep
Meryl Streep comemora atitude de vítimas de assédio em Hollywood (Foto: Divulgação)

Dona de nove prêmios Globo de Ouro e a incrível marca de 31 indicações à premiação do cinema e da TV, Meryl Streep se define feminista e fala sobre explosão dos casos de assédios em Hollywood em 2017. A atriz que está indicada ao prêmio por sua atuação em The Post: A Guerra Secreta, de Steven Spielberg, falou ao jornal Folha de S. Paulo sobre as denúncias de assédio sexual sofridas por famosos como o produtor Harvey Weinstein, acusado de estupro e abusos praticados ao longo de mais de 20 anos de carreira.

“Como feminista, é o momento mais otimista para mulheres em 40 anos, mesmo que tenha sido à custa da dor de muitas. Muita coisa vai mudar, estamos vivendo um despertar.”, declarou Streep, que em em seguida completou: “Acho emocionante o que está acontecendo”.

A atriz considerada uma das mais importantes da indústria cinematográfica, se manifestou recentemente sobre a onda de denúncias contra Harvey e declarou não saber de nada. A cerimônia do Globo de Ouro acontece neste domingo, 7 de janeiro, em Los Angeles, Estados Unidos.