Agosto 5, 2021

FVO Site

Encontre as últimas notícias do mundo de todos os cantos do globo no site FVO, sua fonte online para cobertura de notícias internacionais.

Atualização 2 – Revisão das Diretrizes de Cobre e Níquel para Trabalhadores Vale no Brasil, Questões Climáticas

(Inclui comentários sobre a produção de cobre e minério de ferro)

Escrito por Gram Slatery e Marta Noguevara

RIO DE JANEIRO, 19 de julho (Reuters) – A mineradora brasileira Vail SA disse na noite de segunda-feira que revisaria suas diretrizes para a produção de níquel e cobre em 2021.

No comunicado do segundo trimestre, a Vail produziu 41,5 mil toneladas de níquel e 73,5 mil toneladas de cobre no período, queda de 14,3% e 4%, respectivamente.

Uma marcha sindical na mina Valen em Sutbury, Canadá, começou em 1º de junho, atingindo a produção de ambos os metais, disse a empresa. Além disso, a manutenção não planejada em uma refinaria de metal no País de Gales restringe a produção de níquel, e a inundação de sua propriedade Voice Bay em Labrador, Canadá, afetou a produção de cobre.

“A produção (de cobre) foi causada principalmente pela inundação da mina devido aos atrasos na greve de Sudbury e Voice Bay, que foi principalmente relacionada a condições climáticas incomuns”, disse a empresa, acrescentando que as águas da enchente diminuíram depois.

A produção de minério de ferro, o centro de seu comércio, cresceu 75,7 milhões de toneladas no segundo trimestre, um aumento de 11,3% em uma base trimestral e 12% no comparativo anual, disse a empresa. Dentre os diversos fatores que impulsionam a produção de minério de ferro, a empresa disse que a manutenção foi concluída no porto de Ponta da Madira, no norte do Brasil. A mineradora manteve sua diretriz de produção de minério de ferro para 2021 em 315-335 milhões de toneladas.

(Gram Slater, Relatório de Marta Noguevara e Gabriel Stargarter, editado por Rosalba O’Brien e Aurora Ellis)